Work index

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3106 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Work Index













DETERMINAÇÃO DO “WORK INDEX”
(W.I) EM LABORATÓRIO
























Introdução


Este trabalho tem como objetivo além de dar uma idéia de como determinar em laboratório o “work índex” ou índice de Bond, ressaltar a importância do Wi no entendimento da terceira teoria da cominuição, ou teoria de Bond.

As teoriasrelativas à cominuição correlacionam a energia necessária para reduzir as partículas de uma determinada granulometria para outra, denominada granulometria do produto.

As duas primeiras teorias, de Rittinger e de Kick, relacionaram a energia gasta como diretamente proporcional à nova área e ao novo volume gerados após a cominuição, respectivamente.

Verificou-se, porém, na prática, queestas teorias não eram satisfatórias, tendo Bond desenvolvido a terceira teoria, cuja equação básica é:




W = 10 Wi - 10 Wi

(P (F


onde Wi é o “work índex”, que numericamente corresponde ao trabalho, expresso em Kwh por tonelada curta, necessário para reduzir ominério, desde um tamanho teoricamente infinito até 80% passante em 100 microns; “P” e “F” correspondem à abertura das peneiras da série Tyler, expressa em microns, passam, 80% do produto e da alimentação, respectivamente.

O Wi é o parâmetro de cominuição que relata a resistência do minério, à britagem e moagem, sendo também um dado importante no dimensionamento da capacidade dosequipamentos a serem utilizados em escala industrial.

O teste para determinar o Wi, visa calcular através de um circuito fechado de moagem, com uma determinada carga circulante, a quantidade de produto menor que a malha pré-determinada denominada malha teste, produzido o número calculado de rotações do moinho de bolas , em pesos consecutivos.











Esclarecendo têm-se o exemplo dafigura.




Onde : M = alimentação total (constante)
X = alimentação nova (adicionada)
Y = produto (“under”), que é descartado
Z = “over” (retorna ao circuito)

E
M = x + z (1)
M = y + z (2)

No regime tem-se : x = y (3)

Como neste teste a carga circulante é de 250%, no regime tem-se :


Z = 2,5 .. . z = 2,5 x .


X



Substituindo o valor “z” em (2) :

2,5 x + y = M
como x = y (3):
2,5 y + y = M . . . y = M
3,5

Este valor do “x”, também denomina-se neste trabalho de “A.A.R.”, ou “alimentação a ser adicionada quando em regime”, de vez que “y” é igual a “x”.

Neste trabalho, pretende-semostrar os dois tipos de testes do W.I. : para minérios “in natura” utiliza-se o “método direto”, segundo as normas estabelecidas por Bond; enquanto para testes com produtos a serem remoídos, emprega-se o “método comparativo”.
Este último método também pode ser utilizado para determinar o W.I. de um minério de “work índex” não conhecido, denominado “material teste”, a partir do W.I. jáconhecido de outro minério, denominado “material referência”.



MÉTODO DIRETO


Ensaios de determinação do índice Bond (work índex) , em minério “in natura”.


Equipamento necessário


Para este tipo de teste, o equipamento consta basicamente de um moinho de bolas, padronizado, obedecendo às medidas determinadas no trabalho de Bond, já citado, quais sejam.

O moinho mede 12polegadas de comprimento por 12 polegadas de diâmetro, com uma rotação de 70rpm. A sua carga moedora consiste de 285 bolas de aço, pesando no total, 20.125 gramas, e assim distribuídas:

43 bolas de 1,45 polegadas.
67 bolas de 1,17 polegadas.
10 bolas de 1,00 polegadas.
71 bolas de 0,75 polegadas.
94 bolas de 0,61 polegadas.

A área ocupada pelas bolas é de 842 polegadas quadradas.
O...
tracking img