Web servic

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2814 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
e























































































LISTA DE FIGURAS

FIGURA 1 - WEB SERVICE ROLES [OREILLY], P.11. 17
Figura 2 – Web Service básico [OREILLY], p.06. 20




















SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 14
2 CONCEITOS 15
3 CARACTERÍSTICAS18
4 APLICAÇÕES 20
5 FERRAMENTAS 22
6 CONCLUSÃO 25
REFERÊNCIAS 26
INTRODUÇÃO

Com o aumento da tecnologia ao longo dos anos, surgiu a necessidade do compartilhamento de informações entre diferentes plataformas e linguagens, melhorar a comunicação entre sistemas distribuídos. Vários modelos foram propostos, contudo, não tiveram êxito devido às diferentes plataformas e ospróprios modelos que apresentavam algum problema especifico.
Assim surgiram os Web Services, a tecnologia ideal para comunicação entre sistemas. A comunicação entre os serviços é padronizada, possibilitando a independência de plataforma e de linguagem de programação.
Neste trabalho será abordado a tecnologia Web Service, seus conceitos, principais características, aplicaçõese ferramentas.










CONCEITOS

A principio, as redes de computadores eram baseadas na comunicação entre cliente e servidor. Mais adiante, com o surgimento da programação orientada a objetos, surgiram novos middlewares, que possuem como função possibilitar que as aplicações possam ser escritas de modo mais independente do hardware e do sistema operacional,permitindo que um mesmo código de aplicação possa ser carregado e executado em diferentes equipamentos receptores. Em resumo, o middleware é um software capaz de interpretar os aplicativos e traduzi-los na linguagem do sistema operacional em que ele reside.
Exemplos como, CORBA, DCOM e RMI, onde o processamento passou a ser repassado para vários servidores.
Através de umconjunto de novos conceitos de interoperabilidade como o XML, o SOAP, o WSDL, e o UDDI, os Web Services vieram facilitar a comunicação entre as aplicações que residem em múltiplas plataformas, usando diferentes modelos de objetos e baseados em linguagens diferentes. Este diferencial acaba com eventuais problemas que eram gerados antigamente em outras aplicações distribuídas citadas anteriormente.Os Web services são componentes que permitem às aplicações enviar e receber dados em formato XML. Cada aplicação pode ter a sua própria linguagem, que é traduzida para uma linguagem universal, o formato XML. Assim, uma aplicação pode invocar outra para efetuar tarefas simples ou complexas mesmo que as duas aplicações estejam em diferentes sistemas e escritas em linguagens diferentes.O Web Service poderia ser como um serviço disponibilizado na Internet, descrito via WSDL, registrado via UDDI, acessado utilizando SOAP e com os dados transmitidos sendo representados em XML onde, o SOAP (Simple Object Access Protocol) é um protocolo para troca de informações em ambiente distribuído.
É baseado em definições XML e utilizado para acessar web services. Esseprotocolo encapsula as chamadas e retornos aos métodos dos web services, sendo utilizado sobre HTTP. A WSDL (Web Services Description Language) é a linguagem de descrição de web services baseada em XML.
Ela permite, através da definição de um vocabulário em XML, a possibilidade de descrever serviços e a troca de mensagens. É responsável por prover as informações necessárias para ainvocação do web service, como sua localização, operações disponíveis e suas assinaturas.
UDDI (Universal Description, Discovery and Integration) é uma das tecnologias que possibilitam o uso de web services. Uma implementação de UDDI corresponde a um Web Service registry, que provê um mecanismo para busca e publicação web services. Um UDDI registry contém informações categorizadas...
tracking img