Vontade e desejo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (443 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Vontade

Vontade ou intencionalidade é a capacidade através da qual tomamos posição frente ao que nos aparece. Diante de um fato, podemos desejá-lo ou rejeitá-lo.
As pessoas fazem confusão entredesejo, necessidades e VONTADE...
A vontade é conceituada como sendo a capacidade de associar o "livre arbítrio e o determinismo". O próprio indivíduo tem a opção de escolher se faz ou não fazdeterminado ato, julgando, avaliando sugerindo e opinando sobre suas próprias ações; a resolução depende só da vontade própria. Os atos podem ser decorrentes de vontade ou de impulsos ou de instintos. Osatos da vontade ocorrem com representações conscientes do fim, com conhecimentos dos meios e das conseqüências.
Um desejo imenso ou menor que nos conduz ao futuro através do que fazemos para vê-locumprido no presente.

Para os filósofos Santo Agostinho e Descartes, vontade e liberdade é a mesma coisa: a faculdade através da qual somos dignos de louvor, quando escolhemos o bom, e dignos dereprovação, quando escolhemos o mau.

Agostinho e Descartes concordam em que o fato de nós humanos termos vontade nos torna responsável pelas nossas decisões e ações. A dimensão moral do homem decorre dofato dele ter vontade.

Em Agostinho, a escolha digna de reprovação é pecado. Em Descartes é erro. O pecado é uma falta religiosa oriunda da vontade. O erro é uma falta moral ou epistêmica. Moralquando a falta oriunda da vontade é prática. Epistêmica quando a falta oriunda da vontade é teórica.

Agostinho e Descartes também concordam em afirmar que o fato de termos vontade não só nos tornaresponsáveis por nossos atos e decisões como também livra Deus de qualquer responsabilidade sobre a mesma, tal como explica a teodicéia.

Desejo

Em filosofia, o desejo é uma tensão em direção a umfim considerado pela pessoa que deseja como uma fonte de satisfação. É uma tendência algumas vezes consciente, outras vezes inconsciente ou reprimida. Quando consciente, o desejo é uma atitude mental...
tracking img