Virus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3972 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que são vírus e príons? Vírus: uma definição desse venenoA palavra vírus vem do Latim virus que significa fluído venenoso, veneno ou toxina. Atualmente é utilizada para descrever os vírus biológicos, além de designar, metaforicamente, qualquer coisa que se reproduza de forma parasitária, como ideias. O termo vírus de computador nasceu por analogia. A palavra vírion ou víron é usada para sereferir a uma única partícula viral que estiver fora da célula hospedeira. Os vírus são entidades extremamente pequenas, visíveis apenas ao microscópio eletrônico e constituídos basicamente por uma cápsula de natureza protéica em cujo interior existe apenas um tipo de ácido nucléico: DNA ou RNA. Histórico ViralA descoberta dos vírus foi em 1892 e deve-se ao biólogo russo Dmitri Ivanowsky, que, aoestudar a doença chamada „mosaico do tabaco‟, detectou a possibilidade de transmissão da doença a partir de extratos de vegetais doentes para vegetais sadios, por meio de experimentos com filtros capazes de reter bactérias. No entanto, o agente infeccioso não podia ser visualizado em razão do seu tamanho reduzido. Alguns anos mais tarde, o inglês F.W. Twort chegou a conclusões parecidas estudandooutro agente, que era capaz de infectar bactérias e, por isso, chamado de bacteriofage (comedor de bactérias). Vários outros cientistas encontraram relações entre doenças comuns aos humanos e outros seres vivos com determinados agentes, que possuíam as características observadas por Ivanovsky. Estas conclusões foram confirmadas, em 1952, em bactérias infectadas com vírus (bacteriófagos), ao observarque só penetrava na célula bacteriana o DNA do vírus e não a proteína, replicando-se, repetidamente, dentro da bactéria infectada.Em 1935, cristais de vírus foram isolados e observados ao microscópio pela primeira vez. A sua composição parecia principalmente protéica, porém constatou-se mais tarde uma pequena quantidade de ácidos nucléicos. Logo a comunidade científica aprendeu a fazer culturas deviroses, em células, e usar esta técnica para a preparação de vacinas - formulações usadas para promover a imunidade biológica ao agente, tal como a vacina da poliomelite.Os avanços que foram conseguidos na química, física e na biologia molecular, desde 1960, revolucionaram o estudo das viroses. A eletroforese em gel, por exemplo, forneceu um profundo entendimento da composição protéica e nucléicados vírus. O progresso feito na física dos cristais forneceu análises mais detalhadas, com difração de raios X, das estruturas virais. Aplicações da biologia celular e bioquímica ajudaram a determinar como as viroses usam as células hospedeiras para sintetizar seus ácidos nucléicos e suas proteínas. Esta revolução permitiu com que a informação genética codificada nos vírus - o que os capacita dereproduzir, sintetizar proteínas específicas e alterar funções celulares - fosse estudada. De fato, a relativa simplicidade da estrutura química dos vírus tem os tornado uma ferramenta experimental para o estudo de certos processos e eventos biológicos.O microscópio eletrônico e o desenvolvimento da ultracentrifugação possibilitaram o esclarecimento de aspectos sobre a natureza e estrutura dosvírus e separá-lo dos componentes constituintes das células hospedeiras: concluiu-se que os vírus contêm ácidos nucléicos e realizam funções semelhantes às do material genético. A Origem dos VírusEles lembram genes que tenham adquirido a capacidade de existir independentemente da célula. Embora a virologia exista como ciência apenas há cerca de 100 anos, os vírus provavelmente têm estado presente nosorganismos vivos desde a origem da vida. Se os vírus precederam ou surgiram somente após os organismos unicelulares, é uma questão controversa. Contudo, com base nas contínuas descobertas de vírus infectando diferentes espécies, pode-se concluir que, praticamente, todas as espécies deste planeta são infectadas por vírus. Os estudos tem sido limitados aos vírus isolados no presente ou de...
tracking img