Vigilancia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8217 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A vigilância Epidemiológica configura uma prática de saúde que articula operações para o enfrentamento de situações de saúde ao identificar riscos, danos e seqüelas que incidem sobre indivíduos, famílias, ambientes coletivos, grupos sociais e meio ambientes, de modo a apresentar intervenções que promovam e preserve a saúde, como o estabelecimento do planejamento e programação localde saúde.
Neste sentido, a prática da enfermeira passa por uma série de transformações, deslocando a sua atuação profissional predominantemente da área curativa, individualizada, vinculada às instituições hospitalares para a produção de serviços em unidades básicas de saúde com ênfase nas ações de promoção e prevenção de saúde em bases coletivas.
Nesta perspectiva, a prática da enfermeira deveráintervir através da organização do processo de trabalho de forma que cada sujeito possa desempenhar seu trabalho como agente de transformação
No Capitulo I apresenta os conceitos e definições dos principais temas estudados, bem como o contexto da vigilância epidemiológica. No Capitulo II apresentamos atuação do enfermeiro na vigilância epidemiológica, processo de trabalho em saúde e o trabalhode enfermagem. Logo em seguida apresentaremos o capitulo III a metodologia da pesquisa, No capitulo IV apresentação e discussão dos resultados.

CAPITULO I

BASES HISTÓRICAS E CONCEITUAIS

1.1 Vigilância Epidemiológica

As primeiras intervenções estatais no campo da prevenção e controle de doenças, desenvolvidas sob bases científicas modernas, datam do início do século XX e foramorientadas pelo avanço da era bacteriológica e pela descoberta dos ciclos epidemiológicos de algumas doenças infecciosas e parasitárias. Essas intervenções consistiram na organização de grandes campanhas sanitárias com vistas ao controle de doenças que comprometiam a
atividade econômica, a exemplo da febre amarela, peste e varíola. As campanhas valiam-se, de instrumentos precisos para o diagnósticode casos, combate a vetores, imunização e tratamento em massa com fármacos, dentre outros. O modelo operacional baseava-se em atuações verticais, sob forte inspiração militar, e compreendia fases bem estabelecidas preparatória, de ataque, de consolidação e de manutenção. (2005, MINISTÉRIO DA SAÚDE)
A expressão vigilância epidemiológica passou a ser aplicada ao controle das doenças transmissíveisna década de 50, para designar uma série de atividades subseqüentes à etapa de ataque da campanha de erradicação da malária, vindo a designar uma de suas fases constitutivas.
Ministério da saúde 2005 diz que: “Originalmente, significava a observação sistemática e ativa de casos suspeitos ou confirmados de doenças transmissíveis e de seus contatos”.
Tratava-se, portanto, da vigilância depessoas, com base em medidas de isolamento ou quarentena, aplicadas individualmente, e não de forma coletiva.
A vigilância epidemiológica foi o tema central da 21ª Assembléia Mundial de Saúde realizada em 1968, na qual se estabeleceu a abrangência do conceito, que permitia aplicação a variados problemas de saúde pública, além das doenças transmissíveis, a exemplo das malformações congênitas,envenenamentos na infância, leucemia, abortos, acidentes, doenças profissionais, comportamentos como fatores de risco, riscos ambientais, utilização de aditivos, dentre outros.(2005, MINISTÉRIO DA SAÚDE)
Por recomendação da 5ª Conferência Nacional de Saúde, realizada em 1975, o Ministério da Saúde instituiu o Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica (SNVE), por meio de legislação específica (Lei nº6.259/75 e Decreto nº 78.231/76). Esses instrumentos legais tornaram obrigatória a notificação de doenças transmissíveis selecionadas, constantes de relação estabelecida por portaria. Em 1977, o Ministério da Saúde elaborou o primeiro Manual de Vigilância Epidemiológica, reunindo e compatibilizando as normas técnicas então utilizadas para a vigilância de cada doença, no âmbito de programas de...
tracking img