Vigilancia em saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1134 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
Orientações:
-------------------------------------------------
Para o envio de suas atividades ao seu tutor, utilize o espaço abaixo.
-------------------------------------------------
A primeira parte deverá ser desenvolvida por todos os componentes da equipe e ao final, cada aluno deverá acrescentar suas considerações individuais.-------------------------------------------------
Será considerado, para critérios de avaliação, o seguinte padrão de formatação:
-------------------------------------------------
Fonte: Arial ou Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5. De 3 a 10 laudas.

Aluno: Vívian Castro Lemos Equipe: Azul Data: 23.11.11Tutor: Leandro AvelarAtividade: Atividade final docapítulo 8 |
-------------------------------------------------
Considerações coletivas
-------------------------------------------------

-------------------------------------------------
Compreende-se que as vigilâncias do campo da saúde, embora se diferenciem no desenvolvimento deseus funções, desenvolvem ações que contribuem para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde, pois se caracterizam como proteção da saúde e prevenção, objetivando minimizar riscos. Elas protegem a saúde da população, se objetivadas ações antes que certos agravos e danos ocorram.
-------------------------------------------------
Os serviços de saúde estão em constante aprimoramento, e o seuaperfeiçoamento tem se dado atualmente com o enfoque na promoção da saúde. Promoção essa que busca redefinir a saúde e seus objetivos.
-------------------------------------------------
A saúde tem sido compreendida como resultado dos diversos fatores relacionados à qualidade de vida, ultrapassando o enfoque da doença. Passando a incluir questões como habitação, alimentação, educação e trabalho.-------------------------------------------------
Suas atividades, segundo Buss (2000), estariam, então, mais voltadas ao coletivo de indivíduos e ao ambiente, compreendido num sentido amplo, de ambiente físico, social, político, econômico e cultural, através de políticas públicas e de condições favoráveis ao desenvolvimento da saúde [...] e do reforço (empowerment) da capacidade dos indivíduos edas comunidades.
-------------------------------------------------
Atualmente, a promoção, mais do que uma política, representa uma estratégia de articulação transversal que estabelece “mecanismos para reduzir as situações de vulnerabilidade, incorporar a participação e o controle social na gestão das políticas públicas e defender a equidade” (O´Dwyer; Tavares; De Seta, 2007).-------------------------------------------------
As vigilâncias em saúde, como integrantes do campo da promoção da saúde, ultrapassam a visão do risco quando propõem a transformação dos processos de consumo, de trabalho e de produção e a inserção do cidadão e do trabalhador nesses processos, de forma a potencializar suas vidas.
-------------------------------------------------
Assim, sendo a saúde um direitohumano fundamental, de responsabilidade múltipla, inclusive do Estado, com a população exercendo seu direito de participação e decisão; passa a ser fundamental assegurar o direito de acesso através de uma forma protocolarizada, igualitária. E com isso uma otimização do acolhimento para um vínculo humanizado entre usuários e a saúde como um todo.
-------------------------------------------------Os órgãos de gestão, deliberação e administração da saúde avançaram muito em todas as suas esferas no que se refere à participação popular, facilidade de acesso, transparência. Vemos desde unidade de saúde básica até centro especializado, a constante busca de melhorias dos serviços prestados. Porém, quando pensamos nas Vigilâncias (Epidemiológica, Sanitária, Ambiental e do Trabalho) não...
tracking img