Vida e conceitos de karl marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1472 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Sociologia

* A Vida e as Obras de Karl Marx!
As noções de Karl Marx acerca da mudança foram construídas a partir dos pensamentos em escrito de um filósofo, G. W. F. Hegel, que desenvolveu o conceito da dialética. Esta noção firmou-se na idéia de que tudo contem em si próprio as sementes para a sua própria destruição, mas que uma forma surgiria das cinzas resultantes daqueladestruição. O ciclo foi representado como tese, antítese e síntese. Algumas pessoas vêem nesta noção semelhanças com os mitos clássicos gregos e latinos sobre a ave da fênix, que voa demasiado próxima do sol e arde, e com os mitos da Criação do povo Athapaskan, das grandes planícies da América do Norte.
Marx aproveitou esta idéia da dialética e aplicou-a na sociedade. As sociedades de simples caça erecolecção praticavam segundo Marx, uma forma de “comunismo primitivo”. Nas sociedades agrárias, às quais ele chamou de feudais, o principal conflito ocorria entre os proprietários das terras – latifundiárias – ou aristocratas e aqueles que trabalhavam as terras ou servos.
*A principal fonte de conflito na área industrial ocorria entre:
* Os operários, aos quais Marx chamou de proletariado,a partir do latim, os que sobreviviam da venda do seu trabalho e
* Os industriais proprietários das fábricas, a quem Marx chamou de burguesia, uma palavra com a mesma origem de burgo e burguês, que precisavam do trabalho alheio para poder obter lucro.
A classe exploradora era favorável e beneficiaria da mudança, ao passo que a classe exploradora resistia a esta mudança. Como a sociedadecontém em si própria as sementes para a sua própria destruição. Marx esperava que o capitalismo caísse devido à dinâmica de tensão entre trabalhadores e proprietários e a conseqüente a revolução resultaria no comunismo, no qual o Estado se afastaria e a economia seria baseada na máxima: “De cada um segundo as suas capacidades, a cada um segundo as suas necessidades”.
* “Esta abordagem é chamada dematerialismo dialético”.
Marx, que morreu em 1883, esperava que uma revolução comunista tivesse lugar como resultado da tensão entre trabalhadores e industriais. Ironicamente, as duas principais revoluções comunistas ocorreram na Rússia (1917) e na China (1949), ambas sociedades feudais na altura.
* O Materialismo Dialético!
O termo dialético é daqueles que os gramáticos chamam de “plurívuco”,isto é, trata-se de uma palavra que designa semanticamente varias realidades. A verdade é que ao longo do tempo o termo foi assumindo conotações diferentes. Na antiguidade, com tudo na obra de Platão, a dialética ligava-se a idéia de “dialogo” ou “diálogos dos contrários” – nota-se que “dialético” e “dialogo” têm a mesma origem etimológica, um radical idêntico.
E foi exatamente a partis dopensamento de Hegel, procurando situá-lo historicamente, que Marx afirmou a importância de um modo de pensar dialético para explicar as dimensões conflitivas da realidade. Nesse instante, Marx vinculou a noção de práxis entendida como o agir humana consciente e transformadora.
Seja como for, seja lá o que digam a respeito da dialética, uma coisa é certa: se a realidade é mesmo inconstante, instável; seela tem contradições intrínsecas; se ela muda permanentemente a partir dessas contradições e dos conflitos; se ela tem, portanto, uma dimensão dinâmica; e se o homem conhece e intervém na realidade, transformando-a, então o modo de pensar dialético é mesmo necessário, indispensável até, se quisermos compreender aquilo que nos cerca em todas as dimensões, especialmente a “dimensão da mudança” queestá na base ou na origem de todas as coisas
* O Materialismo Histórico!
Doutrina do marxismo que afirma que o modo de produção da vida material condiciona o conjunto de todos os procesãos da vida social, política e espiritual.
* As forças produtivas constituem as condições materiais de toda a produção: matérias-primas, instrumentos como ferramentas ou maquinas. Homem, principal...
tracking img