Velocidade de difusao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1369 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual do Maranhão
Centro de Estudos superiores de Caxias
Departamento de Química e Biologia
Curso: Licenciatura em Química
Disciplina: Estudo dos Gases e Termodinâmica
Professor: Msc. Alencar Miranda










Velocidade de Difusão














Caxias – Ma
Julho de 2011
Universidade Estadual do Maranhão
Centro de Estudos superiores de CaxiasDepartamento de Química e Biologia
Curso: Licenciatura em Química
Disciplina: Estudo dos Gases e Termodinâmica
Professor: Msc. Alencar Miranda










Velocidade de Difusão


Claudio Max Aguiar
Márcia Cristina Alves da Rocha
Wermeson Stênio Silva NunesCaxias – Ma
Julho de 2011
Sumário

1- Introdução ----------------------------------------------------------- 04

2- Objetivos ------------------------------------------------------------ 06

3- Parte Experimental ------------------------------------------------ 06


3.1- Materiais e Reagentes ----------------------------------- 06


3.2- Procedimento Experimental----------------------------- 07

4- Resultado ------------------------------------------------------------ 08

5- Discussão ----------------------------------------------------------- 09

6- Conclusão ----------------------------------------------------------- 09

7- Referências --------------------------------------------------------- 10

8- Questionário---------------------------------------------------------11














1- Introdução

O presente relatório tem como tema o estudo e observação da velocidade de difusão de gases. Gás é um dos três estados da matéria, ou um dos cinco estados, se considerar o plasma e o Condensado de Bose-Einstein como estado. Um gás é definido como uma substância que se expande espontaneamente para preencher completamente seu recipientede maneira uniforme. Neste estado, as forças de atração intermoleculares são fracas, pois as moléculas estão muito distantes umas das outras, e talvez nem se toquem durante a maior parte do tempo. Essas forças fracas permitem uma movimentação rápida e independente das moléculas, o que praticamente dá a um gás um comportamento físico não dependente de sua composição química. Ainda, vários gasessão muito semelhantes nessas propriedades físicas, donde surge a expressão gás ideal. Um gás ideal é aquele que serve de padrão de referência contra o qual os demais gases podem ser comparados. As leis dos gases são aplicadas a um comportamento previsto dum gás ideal, e os resultados experimentais podem ser contra eles comparados, e os resultados são surpreendentemente similares com gases diferentes.Ao se trabalhar com temperaturas e pressão extremas, entretanto, a aproximação do gás ideal já não é suficiente.
Segundo Sardella (1999),o químico escocês Thomas Graham, estudando esses fenômenos, chegou a conclusão hoje conhecida como Lei de Graham : As velocidades de efusão ou difusão dos gases são inversamente proporcionais às raízes quadradas de suas densidades absolutas, quando medidas nasmesmas condições de pressão e temperatura.

De acordo com Russel (1994), um gás é definido como uma substancia que se expande espontaneamente para preencher completamente seu recipiente de maneira uniforme. Três variáveis são especialmente usadas para descrever o comportamento dos gases: volume, pressão e temperatura.

Em uma mistura gasosa, volume parcial de um gás é o volume que irá ocuparestando sozinho e sendo submetido à pressão total e à temperatura da mistura. No estudo da teoria cinética dos gases aprendemos que as partículas gasosas estão em movimento continuo e muito rápido. Esse movimento faz com que dois ou mais gases se misturem rapidamente, dando sempre origem a uma mistura homogênea. De acordo com Feltre (2004)

A difusão é o termo dado à passagem de uma substância...
tracking img