Vasco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1777 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução à Economia
Curso de Direito
















1 Elaborado pelo Prof. MSc. Sérgio Augusto Batalhone


Edição atualizada: Janeiro de 2007





Material destinado exclusivamente para uso dos alunos da disciplina de Introdução à Economia
Curso de Direito - UCB

















APRESENTAÇÃO






A realização deste trabalho, tem porobjetivo proporcionar aos alunos da disciplina de Introdução à Economia, constante da grade curricular do curso de Direito da Universidade Católica de Brasília – UCB, sob a perspectiva pedagógica/educacional, condições mais favoráveis de aprendizagem, o que inegavelmente, muito contribuirá para a maximização do desempenho acadêmico de cada aluno.


Resultado de pesquisas em várioslivros textos atualizados e largamente utilizados nas disciplinas de Teoria Econômica, o trabalho está dividido em duas partes. A primeira trata do desenvolvimento das oito unidades que compõem o conteúdo programático da disciplina, quais sejam: Unidade I – Aspectos Introdutórios: Economia como Ciência, Unidade II – Problemas Econômicos Fundamentais, Unidade III – Organização da Atividade Econômica,Unidade IV – Mensuração da Atividade Econômica, Unidade V – Moedas e Mercado Financeiro, Unidade VI – Inflação, Unidade VII – Setor Externo e Unidade VIII – Aspectos de Microeconomia. A segunda parte, consta de listas de exercícios de aprendizagem e fixação dos conceitos abordados, para cada uma das respectivas unidades.


Finalmente, na expectativa de que este trabalho contribua para umamelhor formação acadêmica dos alunos do Curso de Direito da UCB, invoco a todos, a refletirem sobre a seguinte mensagem:


O conhecimento humano é o único fator de produção existente que não está sujeito à Lei dos Rendimentos Decrescentes.














































UNIDADE I – ASPECTOS INTRODUTÓRIOS: ECONOMIA COMO CIÊNCIA1 – ORIGEM DA PALAVRA ECONOMIA

A palavra economia origina-se do grego: Oikos (eco), que significa casa, riqueza, e Nomos (nomia), cujo significado é lei, regra, administração.

2 – DEFINIÇÕES DE ECONOMIA

2.1 – Primeiras Definições

Na antiguidade, a economia era considerada como a ciência da administração da comunidade doméstica, em suas mais simples funções de produçãoe distribuição.


Com o desenvolvimento dos Estados-Nações – França, Espanha, Portugal e Inglaterra –, e com os descobrimentos de novas terras e o desenvolvimento mercantil, a economia seria definida como o ramo do conhecimento, essencialmente voltado para a melhor administração do Estado, com o objetivo central de promover o seu fortalecimento.


Nesse sentido, a economia foidefinida como a ciência que se dedica ao estudo das leis que determinam a riqueza e a sua administração. Uma vez que a riqueza é gerada pelos homens e por eles administrada, é preciso considerar suas ações sobre a natureza para produzi-la, e suas ações entre si para reproduzi-la e administrá-la.

A riqueza não tem sentido em si mesma. Ela somente será completa se puder ser utilizada em benefíciodo homem (satisfação de necessidades). Para satisfazer as necessidades o homem necessita consumir algo (coisas). O homem transforma essas coisas através do seu trabalho, com o auxílio de instrumentos. O ato de transformar é denominado produção e por meio dele criam-se bens e serviços.


2.2 – Definições Clássicas

A partir do século XVIII, a economia entraria na sua fase científica, coma formulação de princípios, teorias e leis sobre os três grandes compartimentos básicos da atividade econômica: formação, distribuição e consumo das riquezas.

2.3 – Definições Contemporâneas

Os economistas contemporâneos definiram a economia como a ciência que procedia a análise da prosperidade e das recessões, o exame dos problemas decorrentes da escassez econômica face às...
tracking img