Usina de alcool

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1925 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FABRICAÇÃO DE AÇÚCAR

































SUMÁRIO

INTRODUÇÃO
DESENVOLVIMENTO
CONCLUSÃO
REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS




























INTRODUÇÃO

Para a fabricação do açúcar o caldo passa por várias etapas de extração e tratamento do caldo, apos estas etapas começo o processo de fabricação do açúcar.Segundo o autor Rogério Haruo, para iniciar a fabricação do açúcar, passa pela extração e tratamento do caldo, para então realizar o processo de fabricação de açúcar por meio da concentração do caldo por evaporação da água. O xarope é bombeado para o cozimento e para a cristalização do açúcar. O cozimento é feito em etapas, a primeira ocorre na evaporação da água existente no xarope para acristalização da sacarose.
O produto deste cozimento é a mistura de cristais de sacarose com licor-mãe.
A separação dos cristais de sacarose do mel é feita por centrifugação, que são obtidas dois produtos : o açúcar e o melaço. O melaço é enviado para fabricação de álcool e o açúcar é destinado ao secador para tirar a umidade contida nos cristais, apos secagem, o açúcar e levado para ser ensacado e estocado.DESENVOLVIMENTO
Perfil da matéria prima
A composição da cana de açúcar é muito variável em condições climáticas, das propriedades físicas, químicas e microbiológicas do solo, a composição da cana é 99% são devido ao hidrogênio, oxigênio e carbono.
A distribuição nos colmos é de 75% de água, 25% de matéria orgânica em média, o caldo é definido comosolução impura de sacarose, glicose e frutose.
Os açucares é representado pela sacarose, glicose, e frutose, a sacarose é mais importante e tem valor de 14%, os demais dependem do estado maturação, 0,2 e 0,4% para frutose e glicose. O açúcar redutor, glicose e frutose, adianta o estágio de maturação de cana e há a presença substância indesejáveis do processo. No processo de fabricação de açúcar existemvários tipos de caldo;
- caldo absoluto: indica a quantidade de caldo existente na cana;
- caldo extraído: é todo caldo absoluto extraído por meio mecânico;
- caldo clarificado: é o caldo que esta pronto para entrar nos evaporadores, após o processo de clarificação;
- caldo misto: é o caldo obtido por meio da embebeçam.
A fibra da cana é uma matéria seca insolúvel contida na cana, o valorrefere-se a análise da matéria prima, onde há impurezas e matérias estranhas.
O brix é a porcentagem dos sólidos em uma solução de sacarose, onde achamos a porcentagem de sólidos solúveis contido em uma solução impura, ou seja, caldo extraído da cana.
Para encontrar o valor do brix usamos o refratômetro utilizando solução de sacarose a 20c, onde medem o índice de açúcar.
O pol representa aporcentagem de sacarose contida na solução de açúcar sendo assim determinado por polarimétricos, o caldo de cana contém basicamente três tipos de açúcares; sacarose, frutose, e glicose.
Os açúcares redutores são empregados para enviar a glicose e frutose e tem a propriedade de reduzir o oxido de cobre, após isto se coloca o licor de fehling, o qual se mistura em partes iguais de solução de sulfato decobre.
Os açúcares totais representa a soma do açúcar redutor e da sacarose invertida por hidrólise ácida, além da glicose e frutose e sacarose outras substâncias redutoras são incluídas na análise.
A pureza do caldo e a porcentagem de sacarose contida nos sólidos solúveis, isto quando se utiliza o pol e brix, isto quando o brix é determinado pelo refratômetro.
A recepção e descarregamento dacana e classificada em três tipos, cana inteira queimada, cana picada queimada colhida por máquinas, cana picada crua colhida por máquinas.
A cana é classificada em laboratório para saber o quanto será pago pela cana pelo teor de sacarose, em seguida a cana é descarregada em hilos direto na mesa alimentadora de 45% a qual faz a alimentação da moenda para ocorrer a moagem.
Para o preparo da...
tracking img