Umbanda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 50 (12396 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
NA GIRA DE CABOCLO

DICIONÁRIO CABOCLO "JANDIRA"

acani = criança
achuti = fogo
caeta = vinho
caiú = arco, bodoque
cuiú = flecha
canaia = tinta, pintura
caoi = água
macaxu = fruta

001

GUERREIRO DA MATA

Sou filho do Vento da Mata,
Do Vento que vem e que vai,
Oçanhe me olhe e me ajude,
Oxóssi que é o meu Pai.

Guerreiro da Mata eu sou,
A vida me ensina a viver,
Sou filhodo Vento da Mata,
Coragem, se tens, vem me ver.

Sou filho do Vento da Mata...

A lança que eu trago, eu fiz,
Meu arco não atira, em vão,
Na mata, onde eu sou feliz,
Levo sempre um escudo na mão.

Sou filho do Vento da Mata...

Guerreiro de Tribo Valente,
A brisa da mata é meu ser,
Coragem eu trago na frente,
Que Oxóssi me dá, pra vencer.

Sou filho do Vento da Mata...

002

OLÍRIO DO CABOCLO

O lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê,
O lírio, o lírio ê, o lírio. (bis)
O lírio é uma flor tão linda,
Que enfeita o Juremá. (bis)
Seu Serra Negra apanhou,
O seu bodoque e a sua flecha,
Sua ema foi caçar. (bis)
Atravessou toda a floresta,
Numa noite de luar. (bis)
O lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê, o lírio. (bis)

003

OXÓSSI

Quemmora na mata é Oxóssi,
Oxóssi é caçador,
Oxóssi é caçador.
Eu vi meu pai assobiar,
Eu mandei chamar.
Vem da Aruanda ê,
Vem da Aruanda a,
Pai Pena Branca,
Vem da Aruanda,
Vem na Umbanda.

004

Oxóssi mora debaixo da Gameleira,
Debaixo da Gameleira,
Salve Rompe Mato,
Salve Arranca Toco,
Salve o Tira Teima,
Ele é Caboclo,
Em qualquer lugar,
Firma seu ponto,
Sem medo de errar,
Sónão me toque,
Nas palmas da Jurema,
Sem a Lei Suprema,
Do Pai Oxalá.

005

No tronco de uma árvore eu vi,
Eu vi amarradas suas mãos,
Era Oxóssi o Rei das Matas,
O meu glorioso São Sebastião.

006

Cacique Oxóssi é Rei lá no sertão,
Baixou nessa Ceara,
Com a pemba na mão.
Ensina os teus filhos a girar,
Ensina os teus filhos a girar.



007

Oxóssi ê ê, Oxóssi ê a,
Ele é odono das matas,
Onde canta o sabiá,
Ele é o dono das matas,
Onde canta o sabiá,
Pena Branca mandou lhe chamar,
Jaguarema e Tupinambá,
Oi lá nas matas onde canta a Iracema,
Pra Oxóssi e pra Jurema,
O seu ponto eu vou cantar.

008

Oxóssi assobiou, oi lá no Humaitá,
Oxóssi assobiou, oi lá no Humaitá,
É Ogum quem está de ronda,
Cavaleiro de Oxalá, (bis)
É Ogum quem está de ronda,
Naporta desse Congá, (bis)
Ele só da entrada,
Para os filhos de Oxalá. (bis)

009

Quem manda na mata é Oxóssi,
Oxóssi é caçador,
Oxóssi é caçador,
Eu vi meu Pai assobiar,
E eu mandei chamar,
Vem de Aruanda vem,
Vem de Aruanda,
Seu Pena Verde, é de Umbanda,
É de Aruanda é, é de Aruanda é.

010

CABOCLO PENA BRANCA

Pena Branca!... Pena Branca!...
Tem penas para voar!... (bis)
Euvenho pra ver meu povo!...
E volto pra Oxalá.... (bis)

011

Okê Caboclo!... Okê Caboclo!...
Pai Pena Branca da raiz do Urucá. (bis)
Quanta beleza!...
Pai Pena Branca,
É um bamba no Congá,
Seu Pai Tupã,
Que é Rei das Matas,
Que lhe dê forças,
Pra sempre nos ajudar.

Okê Caboclo!... Okê Caboclo!...
Pai Pena Branca da raiz do Urucá. (bis)
E nos meus versos!...
Eu ofereço toda aminha gratidão,
Grito bem alto, Okê Caboclo!...
Pai Pena Branca mora no meu coração.

012

CABOCLO ARRANCA TOCO

Caboclo Arranca Toco,
A tua luz é minha guia,
Tu és Oxóssi,
És filho da Virgem Maria,
A tua luz ilumina no escuro,
Todos os filhos do Terreiro,
Estão seguros.

013

CABOCLO VENTANIA

Jurema sua flecha caiu,
E ninguém sabe,
E ninguém viu,
Eu vou chamar,
O CabocloVentania,
Só ele sabe,
Onde a flecha caiu.

014

Ogã segura o toque,
Com Deus e Virgem Maria, (bis)
Pôr Oxalá, meu Pai,
Saravá seu Ventania. (bis).

015

Oi, rouxinol ventania,
Rouxinol, ventania.
Na raiz da arucáia,
Sua cobra é um segredo,
Ele mora no lajedo,
Sentado na beira-mar.

016

CABOCLA JANDIRA

Quem quer viver sobre a terra,
Quem quer viver sobre o mar,...
tracking img