Turismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1357 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO
DEPARTAMENTO DE TURISMO
Disciplina: Evolução Urbana – TUR 146
Professora: Kerley Santos
Kíssylla Ap. Magalhães Mourão Matrícula: 10.2.6076

Texto: A cidade como Categoria Sociológica
O texto trata a cidade a partir de três variáveis que a definem a partir de diferentes conceitos na concepção de vários autores.
A primeira delas é a cidade como variáveldependente, que se fundamenta nos fatores históricos que envolvem as cidade, essenciais para o estudo de sua origem e função. Dentro desta perspectiva, analisa-se a cidade em seus fatores econômicos, políticos, militares, religiosos.
Marx e Weber, os autores mais tratados no texto, caracterizam a cidade na civilização ocidental como um lugar de mercado, colocando o capitalismo como fatornecessário para a existência desta.
Mesmo a cidade tendo origem da comunidade relativamente autônoma e tenha o capitalismo inerente a ela, perdeu sua independência ao se incorporarem aos Estados nacionais. Assim, deixa de ser relevante para uma análise sociológica.
Marx destacou que numa economia urbana deve conter um processo de divisão social do trabalho. Dessa forma tem-se a cidade como um mercado debens, de dinheiro e de trabalho.
Depois trata-se é a cidade como variável contextual. Nesta a cidade é colocada como lugar de convergência de processos e interesses que favoreçam seu desenvolvimento a partir de um posicionamento mais revolucionário.
Diferentemente da variável dependente, esta busca analisar a influência que determinadas cidades podem ter na vida social de seus habitantes.
Aterceira perspectiva é a cidade como variável independente que se opõe às primeiras. A cidade seria uma potencia social gerando influência na vida social.
Entra aí a questão da ecologia humana que de acordo com Robert Ezra Park é a “ciência que procura isolar e descrever as tipicidades das pessoas e instituições produzidas pelas operação conjunta dessas forças.” Para ele, a sociedade é um organismosocial, considerando como objeto de estudo tudo o que acontece no contexto urbano.
Louis Wirth considerava os elementos fundamentais do urbanismo o tamanho, densidade, permanência e heterogenidade (que de certa forma exclui o elemento social) verificando a cidade como interferência na vida social.
A partir dessa perspectiva, nota-se que é imposta uma certa contradição, visto que a cidade é umlócus de envolvimento social e no entanto vê-se uma desintegração social e um individualismo cada vez mais em evidência.

Texto: Industrialização e Urbanização

O texto propõe a idéia de industrialização como fator determinante para o desenvolvimento urbano que caracteriza a sociedade a partir de sua preexistência.
Partindo da história da construção do urbano, vemos o desenvolvimento propriamente ditoapós o surgimento da sociedade feudal que envolve diretamente o capitalismo em todos os momentos da história, mais explicitamente a partir da industrialização, onde além da atividade imobiliária, o comércio, o banco e a usura ganham espaço na economia da época. Assim a sociedade vai se consolidando em suas relações e numa espécie de divisão do trabalho.
Contudo, as relações de comunidade nãointerferem nas lutas das classes sociais que favorecem e reforçam as relações de pertencimento ameaçando os detentores do poder econômico que para se afirmarem enquanto tais investem em obras que configuram a criação de uma sociedade bem estruturada fisicamente.
A questão da industrialização se enfraquece a partir do surgimento das atividades manufatureiras que desconfiguram a idéia de uma economiacentralizada nas indústrias que passam a se instalarem fora delas, gerando uma crise na cidade. Dessa forma os centros econômicos se deslocam formando novos centros urbanos e concomitantemente, os subúrbios que dependem desses centros; isso gera o que o autor chama de urbanização desubanizante e mais tarde questionará a denominação de subúrbio devido è relação de dependência existente.
A...
tracking img