Trichuris trichiura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1570 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trichuris trichiura
O T. trichiura é um verme fusiforme nemátode, e como todos, tem sistema digestivo completo. Boca na extremidade anterior, abertura simples - sem lábios, seguido do esôfago bastante longo e delgado - 2/3 do comprimento. Na parte posterior, que é alargada, está o sistema reprodutor simples e o intestino. Os vermes adultos são dióicos, com dimorfismo sexual. Os machos tem emtorno de 2,5 a 4 cm, as fêmeas são maiores que os machos, em torno de 4 a 5 cm. Os ovos têm o aspecto típico de barril ou bola de futebol americano ou a forma de limões, com cerca de 45 a 65 micrómetros de comprimento por 20 a 25 micrómetros de largura, e massa mucoide transparente nas duas extremidades (opérculos polares).

Ovo de T.trichiura
[editar] Ciclo de Vida
Os ovos são expelidos com asfezes e permanecem viáveis durante vários meses ou anos em solo úmido e quente, e são infecciosos assim que se desenvolve a larva no seu interior, o que demora algumas semanas. Se ingeridas, as larvas saem dos ovos no lúmen do intestino, migram para o ceco e penetram na mucosa intestinal. Aí se desenvolvem, maturando em formas adultas depois de alguns meses, que permanecem com a cauda no lúmen dointestino e a cabeça penetrando a mucosa. Se houver um macho e uma fêmea, pelo menos, no mesmo individuo, acasalam e a fêmea põe mais de 3000 ovos por dia, excretados nas fezes. As formas adultas podem sobreviver durante vários anos. Alimentam-se do bolo intestinal mas também de sangue. São semelhante ao Ascaris lumbricoides.
[editar] Epidemiologia
Haverá segundo a OMS milhões de pessoasinfectadas em todo o mundo (um quinto da humanidade), principalmente em países tropicais em locais com condições pouco higiénicas. Esta infecção é cosmopolita, quase sempre sua prevalência segue paralelamente a do Ascaris lumbricoides, devido ser idêntico o modo de transmissão, devido a grande fertilidade das duas espécies de nematelmintos, bem como a resistência dos ovos às condições de meio externo edemais características epidemiológicas. Este parasita só afecta primatas.
[editar] Progressão e Sintomas
Se a carga de parasitas é baixa, a doença é assintomática, porém se for elevada pode ocorrer extensa necrose da mucosa intestinal com hemorragias e diarréia sanguinolenta, podendo progredir para anemia por déficit de ferro. Outros sintomas são a dor abdominal, perda de peso em indivíduos jádesnutridos, flatulência e fadiga. Em casos incomuns pode ocorrer apendicite (se o verme entrar no apêndice e não conseguir sair) e prolapso rectal com hemorróidas.
[editar] Diagnóstico e Tratamento
O diagnóstico é feito pela obervação ao microscópio dos ovos do parasita em amostras fecais. Fármacos como mebendazol e oxantel matam as formas adultas.
[Expandir] v • eDoenças infecciosas  · Doençasparasitárias: helmintíases (B65–B83) |
Platyhelminthes | Trematoda | Trematódeos sanguíneos | Schistosoma mansoni/japonicum/haematobium/mattheei/intercalatum/mekongi (Esquistossomose)  · Trichobilharzia regenti (Prurido dos nadadores) |
Trematódeos hepáticos | Clonorchis sinensis (Clonorquíase)  · Dicrocoelium dendriticum (Dicrocelíase)  · Fasciola hepatica/gigantica/indica (Fasciolíase)  ·Opisthorchis felineus/viverrini (Opistorquíase) |
Trematódeos pulmonares | Paragonimus westermani (Paragonimíase) |
Trematódeos intestinais | Fasciolopsis buski (Fasciolopsíase)  · Echinostoma spp. (Equinostomose)  · Metagonimus yokagawai (Metagonimíase)  · Heterophyes heterophyes (Heterofíase)  · Nanophyetus salmincola (Nanofietíase)  · Watsonius watsoni (Watsoníase) |
|
Cestoda |Cyclophyllidea | Echinococcus granulosus/multiocularis (Equinococose)  · Taenia saginata/asiatica/solium (Teníase/Cisticercose)  · Hymenolepis nana/diminuta (Himenolepíase)  · Dipylidium caninum (Dipilidiose)  · Taenium serilis/multiceps/brauni/glomerata (Cenurose) |
Pseudophyllidea | Diphyllobothrium latum/pacificum (Difilobotríase)  · Larvas de Spirometra mansoni/proliferum (Esparganose)  ·...
tracking img