Treinamento esd

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2326 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESD

ESD – ElectroStatic Discharge

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 1

Agenda
• • • • • Objetivos Conceito de ESD Causas de ESD Prevenção contra ESD Mecanismos de Controle da ESD

ESD

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 2

Objetivos
• Definir ESD • Explicar como a ESD danifica os produtos • Enumerar as medidas preventivas de ESD. • Seguir asregras e orientações para eliminar a ESD.

ESD

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 3

Conceito de ESD
O que é ESD? E – Electro S – Static D – Discharge “Descarga Eletrostática” Uma transferência repentina (descarga) de eletricidade de um objeto para outro.

ESD

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 4

Conceito de ESD
Alguns exemplos de ESD:
• Relâmpago •O “choque” que se sente quando se toca em outra pessoa em condições de clima seco. • O “choque” que se sente quando se caminha sobre um tapete e se toca uma superfície aterrada.
Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

ESD

Slide 5

Conceito de ESD
A ESD acontece quando ocorre uma transferência de elétrons entre corpos carregados com potencial eletrostático diferente.
Passagem deelétrons Passagem de elétrons

ESD

- 5KV

- 2KV

- 5KV

Terra

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 6

ESD

Causas de ESD

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 7

Causas de ESD
Baixa umidade relativa (ar seco) (Recomendação: 40%-60%) Uso de sintéticos, plásticos e isolantes na área de trabalho. Caminhar ou movimentar-se sobre pisos encerados outapetes. Colocar componentes carregados eletrostaticamente em contato com condutores ou materiais metálicos, pinças e mesas metálicas.

ESD

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 8

Causas de ESD
Baixas voltagens podem danificar os dispositivos

ESD

Vemos ESD a >8000v.
Ouvimos ESD a >6000v.

Sentimos ESD a >3000v.

O que nós não sentimos...........
..........osequipamentos sentem!!!
Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 9

Causas de ESD
Na verdade, a ESD é causada pelas pessoas!
• Nosso corpo é facilmente carregado quando nos movemos. • A pele, o cabelo e o corpo podem armazenar quantidades relativamente grandes de eletricidade estática. • Podemos transferir esta carga elétrica (descarregar) para componentes ou objetos causando danosprovocados por ESD.

ESD

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 10

Geração de Cargas Eletrostáticas

ESD

Como se confere carga aos objetos? • Indução • Carga Triboelétrica

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 11

Geração de Cargas Eletrostáticas
Por Indução - Campos de componentes carregados eletrostaticamente podem

induzir a separação de cargas em ummaterial condutor se estiverem
suficientemente próximos, por exemplo, TV/monitores antigos.

ESD

Cargas iguais se repelem. Cargas diferentes se atraem.

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 12

Geração de Cargas Eletrostáticas
Carga Triboelétrica

- Ocorre quando 2 materiais (sendo pelo menos um deles isolante) estão em contato e se separam; elétrons passam de um materialpara o outro! - Os materiais que recebem elétrons ficam carregados negativamente e vice-versa.

ESD

Maurício Gonçalves – Gerência de Projetos

Slide 13

Geração de Cargas Eletrostáticas
Exemplo de Carga Triboelétrica que ocorre quando uma pessoa caminha Dois objetos com cargas diferentes estão em contato Elétrons fluem de um objeto para a outro

ESD

Maurício Gonçalves – Gerência deProjetos

Slide 14

Geração de Cargas Eletrostáticas
Potenciais de Carga Eletrostática Típicos:
Evento Caminhar sobre tapete Caminhar sobre piso de vinil Movimentos na mesa de trabalho Remover componentes de tubo plástico Remover componentes de tubo de vinil Remover componentes de tubo de isopor Remover plástico de embalagem Remover embalagens de isopor Umidade Relativa 10% 40% 55%...
tracking img