Treinamento de paquimetro e micrometro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2529 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Treinamento e Desenvolvimento

PAQUÍMETRO E MICRÔMETRO

Série Multiplicadores

Índice

* Recomendações 03
* Apresentação Paquímetro 04
* Paquímetro: tipos e usos 05
* Paquímetro: Tipos de erros 12
* Paquímetro: conservação 20
* Limpeza do Instrumento 21
* Micrômetro: tipos e usos ‘ 22
* Micrômetro: conservação 31Recomendações

Os instrumentos de medição são utilizados para determinar grandezas. A grandeza pode ser determinada por comparação e por leitura em escala ou régua graduada.
É dever de todos os profissionais zelar pelo bom estado dos instrumentos de medição, mantendo-se assim, por maior tempo, sua real precisão.

Evite:
1. Choques, queda, arranhões, oxidação e sujeira;2. Cargas excessivas no uso; medir provocando atrito entre a peça e o instrumento;
3. Medir peças cuja temperatura, quer pela usinagem quer por exposição a uma fonte de calor, esteja fora da temperatura de referência;
4. Utilizar o Instrumento quando o mesmo apresentar algum tipo de Alteração

APRESENTAÇÃO DO PAQUIMETRO

O cursor ajusta-se à régua e permite sua livremovimentação, com um mínimo de folga. Ele é dotado de uma escala auxiliar, chamada nônio ou vernier. Essa escala permite a leitura de frações da menor divisão da escala fixa.
O paquímetro é usado quando a quantidade de peças que se quer medir é pequena. Os instrumentos mais utilizados apresentam uma resolução de:

As superfícies do paquímetro são planas e polidas, e o instrumento geralmente éfeito de aço inoxidável. Suas graduações são calibradas a 20ºC.

Tipos e usos

Paquímetro universal
É utilizado em mm
Medições internas, externas, de profundidade e de ressaltos. Trata-se do tipo mais usado.


Paquímetro universal com relógio
O relógio acoplado ao cursor facilita a leitura, agi0lizando a medição.

.

Paquímetro de profundidade
‘Serve para medir a profundidade de furosnão vazados, rasgos, rebaixos etc. Esse tipo de paquímetro pode apresentar haste simples ou haste com gancho.

Paquímetro duplo
Serve para medir dentes de engrenagens.

Paquímetro digital
Utilizado para leitura rápida, livre de erro de paralaxe, e ideal para controle estatístico.

Princípio do nônio
A escala do cursor é chamada de nônio ou vernier, em homenagem ao português Pedro Nunes eao francês Pierre Vernier, considerados seus inventores.
No sistema métrico, existem paquímetros em que o nônio possui dez divisões equivalentes a nove milímetros (9 mm).

Cálculo de resolução
As diferenças entre a escala fixa e a escala móvel de um paquímetro podem ser calculadas pela sua resolução.
A resolução é a menor medida que o instrumento apresenta. Ela é calculada utilizando-se aseguinte fórmula:
| UEF = unidade da escala fixa NDN = número de divisões do nônio |
| |
Exemplo:
- Nônio com 10 divisões | |
- Nônio com 20 divisões | |
- Nônio com 50 divisões | |

Leitura no sistema métrico

Escala em milímetro e nônio com 10 Na escala fixa ou principal do paquímetro, a leitura feita antes do zero do nônio corresponde à leitura em milímetro.
Em seguida, vocêdeve contar os traços do nônio até o ponto em que um deles coincidir com um traço da escala fixa.
Depois, você soma o número que leu na escala fixa ao número que leu no nônio.
* Para você entender o processo de leitura no paquímetro, são apresentados, a seguir, dois exemplos de leitura: divisões

Leitura:

Leitura:

* Escala em milímetro e nônio com 20 divisões

Leitura:* Escala em milímetro e nônio com 50 divisões

Leitura:

Erros de leitura
Além da falta de habilidade de quem manipula o instrumento, outros fatores podem provocar erros de leitura no paquímetro, como, por exemplo, erro de paralaxe e a pressão de medição.
A graduação da escala auxiliar (nônio) não está no mesmo plano da graduação da escala principal, portanto poderão ocorrer erros de...
tracking img