Traumatologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1511 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
LARYSSE VEIGA

LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR (LCA)

MACEIÓ/AL
2011/02

LARYSSE VEIGA

LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR (LCA)

Trabalho apresentado como requisito para avaliação da disciplina de Traumatologia/Reumatologia, do 6º Período, do curso de Fisioterapia do Instituto de Ensino Superior de Alagoas - IESA, sob orientação da professora Rafaela.

MACEIÓ/AL
2011/02SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO ............................................................................................ 4
2. METODOLOGIA .......................................................................................... 6
3. CASO CLINICO........................................................................................... 7
4. CONCLUSÃO .............................................................................................. 10
7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ............................................................ 11


1. INTRODUÇÃO

O joelho é uma articulação de grande importância no corpo humano, responsável pela sustentação de 70% da massa corporal total. É responsávelpelo sistema locomotor, realizando principalmente extensão e flexão da perna sob a coxa, como uma dobradiça. 1
A articulação do joelho, ou tibiofemoral, é a maior do corpo e conta com uma fraca estabilidade intrínseca por estar localizada nas extremidades de dois braços de alavancas longos, o fêmur e a tíbia. Assim, sendo, esta articulação depende muito de estruturas musculares e ligamentares parater estabilidade e força. 2
A estabilidade Antero-posterior é dada pelos ligamengtos cruzados posterior e anterior, respectivamente; a estabilidade medial-lateral é dada pelos ligamentos colaterais medial (tibial) e lateral (femoral), nesta ordem. Dentre eles, o mais lesado é o ligamento cruzado anterior (LCA), que fixa-se distalmente na área intercondilar anterior e, proximalmente, na facemedial do côndilo lateral do fêmur (na fossa intercondilar. 3,4,5
A lesão do LCA pode ocorrer por trauma direto ou indireto. Geralmente nas lesões por traumas diretos, o fêmur é levado para trás quando o joelho se encontra à 90º graus, com a tíbia fixada, já as lesões por traumas indiretos produzem lesões isoladas do LCA, e são decorrentes da desaceleração brusca, saltos ou dribles, sem nenhum contatofísico. Outro mecanismo é a hiperextensão de joelho sem apoio, o chamado chute no ar. 6
A incidência da lesão do LCA é de aproximadamente 1 / 3.000 habitantes, com 70% delas ocorrendo na prática esportiva (mais precisamente em jogadores de futebol), predominante no sexo masculino. Mais freqüentes em indivíduos entre 20 e 40 anos, mas podem ocorrer em todas as idades. 7,9
No momento da lesão,pode-se experimentar uma sensação de estalido, causando um desconforto inicial não muito grave. Em poucas horas observa-se hemartrose do joelho, seguida de espasmo reflexo da musculatura. Essa lesão pode ainda, levar a incapacidade para algumas funções, causar falseios de repetição e derrames articulares. 6,8

O diagnóstico é feito pelo médico ortopedista através de um exame físico detalhado e deexames complementares (Ressonância Magnética); e de acordo com a extensão da lesão, o tratamento pode ser conservador ou cirúrgico. 10
Este estudo visa mostrar os resultados obtidos com o uso da Fisioterapia no tratamento pós operatório de reconstrução do LCA, enfatizando a importância do tratamento fisioterápico nesse tipo de lesão.

2. METODOLOGIA

Foi realizado um levantamentobibliográfico para coleta de dados que mostrem a articulação do joelho e suas lesões, mais precisamente a lesão do ligamento cruzado anterior (LCA). Foram também utilizados para este trabalho, dados de um tratamento fisioterápico em um paciente com lesão do LCA, que se submeteu a cirurgia para reconstrução desse ligamento.


3. CASO CLÍNICO

F. J. P, sexo masculino, 30 anos, atleta amador (atleta...
tracking img