Traumatismo toracico e abdominal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1506 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Traumatismo Torácico
________________________________________________________________________
Aproximadamente um quarto das mortes por trauma são devidas a traumatismo torácico.
As mortes imediatas são essencialmente devidas a rotura major do coração ou grandes
vasos. Mortes precoces devido a traumatismo torácico devem-se a obstrução da via aérea,
tamponamento cardíaco ou aspiração.
Amaioria dos doentes com trauma torácico podem ser tratados com manobras
simples e não requerem tratamento cirúrgico.
A dificuldade respiratória pode ser causada por:
fractura de costelas/respiração paradoxal
pneumotórax
pneumotórax sob tensão
hemotórax
contusão pulmonar
pneumotórax aberto
aspiração
O choque hemorrágico é devido a:
hemotórax
hemomediastino
Fractura decostelas: as fracturas de costelas podem ocorrer no ponto de impacto e a
lesão do pulmão subjacente pode provocar contusão ou perfuração do mesmo. Nos idosos
podem ocorrer fracturas de costelas por simples traumas. As costelas tornam-se
geralmente estáveis dentro de 10 dias a 2 semanas. A cura completa com formação de
calo ocorre após cerca de seis semanas.
Respiração paradoxal: o segmentoinstável move-se separadamente e em direcção
oposta do resto da caixa torácica durante o ciclo respiratório. Pode surgir dificuldade
respiratória severa.
Pneumotórax sob tensão: surge quando o ar entra no espaço pleural mas não pode sair.
Como consequência a pressão intratorácica aumenta progressivamente no lado afectado
com resultante desvio do mediastino. O doente fica dispneico e hipóxico. Épreciso fazer
urgentemente a descompressão com uma agulha antes de ser introduzido um dreno
intercostal. A traqueia pode estar desviada (sinal tardio) e empurrada da linha média pelo
ar sob pressão.
A extensão das lesões internas não podeser julgada pela
aparência da ferida da pele
15
Hemotórax: mais comum nas feridas penetrantes do que nas lesões não penetrantes do
tórax. Se a hemorragia ésevera ocorre choque hipovolémico e também dificuldade
respiratória devido a compressão do pulmão no lado afectado.
A melhor terapêutica consiste em colocar um grande tubo de drenagem.
Um hemotórax de 500-1500 ml que pára de sangrar após inserção dum dreno
intercostal pode, em geral, ser tratado de forma conservadora.
Um hemotórax superior a 1500-2000 ml ou com hemorragia contínua de maisde 200-
300 ml/hora deve ser explorado cirurgicamente, i.e. toracotomia.
Contusão pulmonar: é comum após trauma torácico. É uma condição com potencial risco
de vida. O início dos sintomas pode ser lento e progressivo ao longo das 24 horas após o
trauma. É provável ocorrer em casos de acidente com alta velocidade, quedas de grandes
alturas e lesões por balas de alta velocidade. São sintomas esinais:
dispneia
hipoxemia
taquicardia
murmúrio vesicular ausente ou diminuído
fractura de costelas
cianose
Feridas abertas ou aspirativas da parede torácica. Nestas, o pulmão do lado afectado
está exposto à pressão atmosférica, colapsado e há um desvio do mediastino para o lado
oposto. Deve ser rapidamente tratado. Um selo, i.e. um saco plástico pode ser suficiente
para parara aspiração, e pode ser aplicado até à chegada ao hospital. Em doentes em
risco é muitas vezes necessário colocar drenos intercostais, intubar e ventilar com pressão
positiva.
As lesões abaixo listadas também são possíveis no trauma, mas têm uma alta
mortalidade mesmo em centros regionais. São mencionados por questões
educacionais.
A contusão miocárdica está associada, no traumatismofechado do tórax, com fracturas
do esterno ou costelas. O diagnóstico é baseado em anomalias do ECG e elevação dos
enzimas cardíacos, caso haja disponibilidade em executá-los. A contusão cardíaca pode
simular um enfarto do miocárdio. Os doentes devem ser submetidos a monitorização
cardíaca, se disponível. Este tipo de lesões é mais comum do que se pensa e pode ser a
causa de morte súbita bem...
tracking img