Traumatismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2214 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Traumatismo Torácico

O traumatismo torácico encontra-se hoje em dia entre as principais causas de morte. Responsável por cerca de 25% das mortes por trauma, visto que este segmento corpóreo aloja órgãos de vital importância, como o coração, os pulmões, os grandes vasos (aorta, artéria pulmonar), etc., que, muitas vezes, quando lesados, podem levar o paciente rapidamente ao óbito. Istose deve pelo aumento do número, poder energético e variedade dos mecanismos lesivos como, por exemplo, a maior velocidade dos automóveis, a violência urbana e, dentro desta, o maior poder lesivo dos armamentos; além de outros fatores.

Visto isso, conclui-se que os métodos diagnósticos e terapêuticos devem ser precoces e constarem do conhecimento de qualquer médico, seja ele clínico oucirurgião; pois, na maioria das vezes, para salvar a vida de um traumatizado torácico não se necessita de grandes cirurgias, mas de um efetivo controle das vias aéreas, manutenção da ventilação, da volemia e da circulação.

Algumas estatísticas mostram que só aproximadamente 15% dos casos requerem um cirurgião torácico e, o restante, qualquer outro médico está habilitado a diagnosticar etratar as lesões potencialmente letais. Classicamente, os traumatismos torácicos (TT) se classificam em abertos (penetrantes ou não) e fechados.

Aberto: são, à grosso modo, os ferimentos. Os mais comuns são os causados por arma branca (FAB) e o de fogo (FAF).
Fechado: são as contusões. O tipo mais comum dessa categoria de trauma é representado pelos acidentes automobilísticos.
• Quanto aoagente causal
    · FAF
    · FAB
    · Acidentes Automobilísticos
    · Outros
• Quanto à manifestação clínica
    · Pneumotórax (hipertensivo ou não)
    · Hemotórax
    · Tamponamento cardíaco
    · Contusão pulmonar
    · Lesão de grandes vasos (aorta, artéria pulmonar, veias cavas)
Outros
• Quanto ao órgão atingido.
Muitas vezes fica difícil isolar um único mecanismo delesão, mas, para fins didáticos, são divididos para um melhor entendimento. Os principais são os seguintes:
Trauma direto - neste mecanismo, a caixa torácica é golpeada por um objeto em movimento ou ela vai de encontro a uma estrutura fixa. Nesse caso, a parede torácica absorve o impacto e o transmite à víscera. Além disso, nesse tipo de trauma é frequente que o indivíduo, ao perceber que o traumairá ocorrer, involuntariamente, inspire e feche a glote, o que poderá causar um pneumotórax no paciente. No trauma direto, geralmente ocorrem lesões bem delimitadas de costelas e, mais raramente, de esterno, coração e vasos, apresentando um bom prognóstico.
Trauma por compressão - este mecanismo é muito comum em desmoronamentos, construção civil, escavações, etc.. Apresenta lesões mais difusas nacaixa torácica, mal delimitada e, se a compressão for prolongada, pode causar asfixia traumática, apresentando cianose cérvico-facial e hemorragia subconjuntival. Em crianças, este mecanismo é de primordial importância, visto que a caixa torácica é mais flexível, podendo causar lesões extensas de vísceras torácicas (síndrome do esmagamento) com o mínimo de lesão aparente. Em determinadas situações,a lesão do parênquima pulmonar é facilitada pelo próprio paciente, como já visto anteriormente (o acidentado, na eminência do trauma, "prende a respiração", fechando a glote e contraindo os músculos torácicos, com o intuito de se proteger, mas aumenta demasiadamente a pressão pulmonar). No momento do choque, a energia de compressão faz com que aumente ainda mais essa pressão, provocando orompimento do parênquima pulmonar e até de brônquios.
Trauma por desaceleração (ou contusão) – Caracterizado por processo inflamatório em pulmão e/ou coração no local do impacto, causando edema e presença de infiltrado linfo-monocitário o que caracterizara a contusão. Nesse tipo de trauma, o paciente terá dor no local, porém sem alterações no momento do trauma. Após cerca de 24h, no entanto, o...
tracking img