trastorno alimentar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2146 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIÃO EDUCACIONAL DO NORTE – UNINORTE
FACULDADE BARÃO DO RIO BRANCO – FAB




ALINE FARIA SILVA
AMANDA MICHALCZUK DA CUNHA
ANNA MOUZE VITORIANO DE SOUZA
BRENDHA LOUISE VIEIRA RODRIGUES
CAMILA STEFANINY DE ARAÚJO CASTELO
EDUARDA DE ANDRADE REZENDE
LUCIANO BARBOSA DA SILVA
KARYNE THAIS ALVEZ PESSOA
PAMELA FRANÇA DA SILVA MORAES CAMARGO
THAIS SOUZA CLAUDIO




MÍDIA ETRANSTORNOS ALIMENTARES











RIO BRANCO – AC
2014
ALINE FARIA SILVA
AMANDA MICHALCZUK DA CUNHA
ANNA MOUZE VITORIANO DE SOUZA
BRENDHA LOUISE VIEIRA RODRIGUES
CAMILA STEFANINY DE ARAÚJO CASTELO
EDUARDA DE ANDRADE REZENDE
LUCIANO BARBOSA DA SILVA
KARYNE THAIS ALVEZ PESSOA
PAMELA FRANÇA DA SILVA MORAES CAMARGO
THAIS SOUZA CLAUDIO




MÍDIA E TRANSTORNOS ALIMENTARESTrabalho apresentado como requisito para obtenção de nota parcial referente à avaliação de B1 da disciplina Desenvolvimento Humano II do Curso de Psicologia da Uninorte, sob orientação da Prof Samara Saar.











RIO BRANCO – AC
2014
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO.............................................................................................................3
1 . MÍDIA ETRANSTORNOS ALIMENTARES...........................................................4
1.1 A INFLUÊNCIA DA FAMÍLIA NO TRANSTORNO ALIMENTAR............................5
1.2 A INFLUÊNCIA DA ESCOLA E PROFISSÃO NO TRANSTORNO ALIMENTAR............................................................................................................5
1.3 ANOREXIANERVOSA...........................................................................................5
1.4 BULIMIA NERVOSA...............................................................................................6
1.5 TRATAMENTO.......................................................................................................7
1.5.1 ATENDIMENTO FAMILIAR...............................................................................7
1.5.2ATENDIMENTO NUTRICIONAL.......................................................................8
1.5.3 ATENDIMENTO PSICODINÂMICO..................................................................8
1.5.4 ATENDIMENTO MÉDICO.................................................................................8CONCLUSÃO..............................................................................................................9
REFERÊNCIA............................................................................................................10


















INTRODUÇÃO

Os meios de comunicação exercem uma influência muito grande sobre toda a sociedade organizada de qualquer país do mundo. Todos os meios durante a história exerceram algum tipo de influência sobre apopulação, onde se enquadra: os jornais, rádios, a televisão e a internet, que atualmente conta com milhares de sites, possibilitando aos que tem acesso, plena liberdade de expressão, por meio de blogs, redes sociais, etc.
Somos todos os dias bombardeados por diversas mídias que em comum têm o objetivo de nos vender algo (uma ideia, um produto, um sonho, um alimento...). E essa tecnologia acabadiretamente ou indiretamente controlando a formação das identidades sociais. Os padrões difundidos são copiados e seguidos, porém, as pessoas não conseguem adaptá-los a uma vida real, o que gera ansiedade, angustia, frustração e em alguns casos, problemas muito mais graves como transtornos alimentares.
Os transtornos alimentares são frequentemente considerados quadros clínicos ligados à modernidade, namedida em que ao avanço da mídia nas últimas décadas tem se dado papel de relevância quase casual.















1 MÍDIA E TRANSTORNOS ALIMENTARES

Sobre mídia, um exemplo claro disso são as novelas. Nestas, heróis são criados - ficcionais ou não. Acaba uma novela e inicia outra e os modelos de comportamentos, beleza, moda, estilo de vida e outros vão se alterando. Mudam os...
tracking img