Transtornos organicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2308 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRANSTORNOS
COGNITIVOS
Prof. MS Karla Christina Ornelas Amado

Córtex Cerebral
Funções:
•Pensamento
•Movimento
voluntário
•Linguagem
•Julgamento
•Percepção

Delirium


Conceito: síndrome neurocomportamental aguda e reversível que
envolve perturbação da consciência e da atenção com curso
flutuante decorrentes de múltiplas causas.



Critérios diagnósticos DSM-IV-RDificuldade de atenção
Distração fácil
Desorientação
Possíveis perturbações da sensopercepcão (ilusões, erros de
interpretação e alucinações)
Possíveis perturbações no ciclo sono-vigília (consciência)
Mudança na atividade psicomotora
Possível ansiedade, medo, irritabilidade, euforia ou apatia










Delirium



Causas:
Hipótese colinérgica:
↓acetilcolina (estáassociada com várias funções que aparecem
alteradas no delirium: estimulação, atenção, memória e o
movimento rápido dos olhos)→ função colinérgica central é alterada
pela deficiência de glicose e oxigênio.
Fisiológicas
ou metabólicas: hipo/hiperglicemia, hipoxemia,
distúrbio eletrolítico, insuficiência renal ou hepática, privação do
sono, deficiência de tiamina (Vit B12), tumor cerebral,exposição a
gasolina, solventes de pintura e substancias associadas.
Infecção: sist6emica e cerebral
Relacionada a fármacos:
Intoxicação: anticolinérgico, lítio, álcool, sedativo e hipnótico
Abstinência: , álcool, sedativo e hipnótico
Reações a anestesia, medicamentos e drogas ilícitas

Delirium
Epidemiologia

Fatores de risco

10-15% em pacientes hospitalizados.

Crianças e idosos30-50% em idosos;

Aumento da gravidade da doença física

61% em idosos com fratura de quadril

Prejuízo cognitivo prévio

■ Tratamento:
 Não farmacológico: Criar ambiente calmo, confortável, uso de objetos de
orientação (calendário, relógio), envolvimento familiar, aplicação da escala CAMICU como sexto sinal vital
■ Prevenção:


Listar fatores de risco



Prevenirdesidratação



Mobilização precoce



Qualidade do sono



Comunicação



Evitar drogas psicoativas



Dispositivos visuais



Dispositivos auditivos

Terapia Farmacológica do Delirium
Classe e Droga
Antipsicóticos
Haloperidol

Antipsicóticos
Atípicos
Risperidona
Olanzapina

Dose

Comentário

0,5 a 1,0 mg VO 2x/dia

- Usualmente agente de
escolha
0,5a 1,0 mg IM (Repetir SN) - Evitar uso EV devido
curta duração
0,5mg – 2x/dia
2,5 a 5mg 1x/dia

Benzodiazepínicos
Lorazepam

0,5 – 1mg VO
Dose adicional a cada 4h
SN

Segunda linha
Pode prolongar ou piorar
sintomas do delirium

Antidepressivo
Trazodone

25-150mg VO à noite

Estudos não controlados

INOUYE, S. N Engl J Med, mar.2006

Diagnóstico de NANDA


Principais

Risco de lesão



Confusão aguda



Adicionais



Percepção sensorial perturbada



Processo do pensamento perturbado



Padrão de sono prejudicado



Risco de volume de líquidos deficiente



Risco de nutrição desequilibrada: menos que as necessidades corporais

Intervenções de enfermagem















Promoção dasegurança do cliente
Responder prontamente as solicitações do cliente
Ensinar ao cliente a pedir auxilio durante as AVD e ao sair da cama, ir ao
banheiro
Administração da confusão do cliente
Falar calmamente e claro
Permita que o cliente tome decisões de acordo com sua capacidade
Fornecer pistas verbais de orientação
Proporcionar tempo adequado para compreender e responder
Controle do ambientepara reduzir sobrecarga sensorial
Manter barulho ambiental mínimo
Monitorar visitas tranquilas e orientar familiares
Promoção do sono e nutrição
Monitorar sono, padrões de excreção, ingestão de alimentos e fluidos
Desestimular cochilos diurnos

Demência


Conceito: declínio das funções mentais suficientemente graves para
interferir na capacidade de administração das AVD, vida social...
tracking img