Transporte maritimo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2660 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Graduação Tecnológica : Gestão de Comércio Exterior
Disciplina : Transporte Marítimo Internacional .
Prof. Luiz Cabral
Bacharel em Ciências Náuticas – CIAGA – 1984
Master’s Certificate of Competency – CIAGA - 1994
Oil Pollution Act Course -

Noruega 1996

Especialização em Seguros P&I – United Kingdom Mutual SteamShip
Assurance - UK P&I Club
Inglaterra & Estados Unidos – 1999.Especialização em Meio Ambiente – MBE- UFRJ - (COPPE) - 2001
Especialização em Gerência de Riscos – MBA - UFF - 2006
Mestrado em Engenharia Oceânica - UFRJ(COPPE) -2010
Anatomy of Shipping – Cambridge Academy of Transport – Inglaterra - 2011
cabral@petrobras.com.br

Graduação Tecnológica : Gestão de Comércio Exterior
Disciplina : Transporte Marítimo Internacional .
Prof. Luiz Cabral

Estruturado Negócio de Shipping
Mercado de Shipping é cíclico e depende de vários fatores :
Câmbio
Conjunturais de Saúde Pública : (Gripe Aviária , Febre aftosa).
Logística de Portos : Gargalos , Falta de Estrutura.
Estagnação/Aquecimento da Economia

Graduação Tecnológica : Gestão de Comércio Exterior
Disciplina : Transporte Marítimo Internacional .
Prof. Luiz Cabral
2008 - Crise obriga Maerske Evergreen a baixar preços de transporte
Empresas estão entre os operadores de navegação atingidos pela bolha especulativa que
inundou o mercado de novos navios.
Muita oferta e pouca procura geram quase sempre preços mais baixos. Este é um dos
problemas que o setor do transporte marítimo está enfrentando e a que não é alheio ao
atual cenário de crise financeira.
António Monteiro, ‘salesmanager’ do operador de navegação Green Ibérica e agente para
Portugal da Evergreen, explicou que há “uma bolha especulativa porque nos últimos cinco
anos os armadores construíram muitos navios para fazer face ao crescimento da procura
nos mercados de exportação asiáticos para os EUA e Europa”. No último ano essa oferta
ultrapassou a procura e os níveis de crescimento na China já não são osmesmos, logo os
preços baixaram. A mesma ideia é defendida por fonte da Maersk Portugal que confirma a
diminuição da atividade das empresas devido à diminuição das exportações dos países
asiáticos.

Graduação Tecnológica : Gestão de Comércio Exterior
Disciplina : Transporte Marítimo Internacional .
Prof. Luiz Cabral

A par desta quebra dos preços as empresas enfrentam uma baixa no consumo, oque faz com
que os navios viajem com mais espaço vazio.
Os fretes marítimos baixaram nas cargas a granel de forma significativa. A taxa de frete média
(que inclui preço do petróleo e paridade entre moedas, entre outros itens) de um navio de 150
mil toneladas nas cargas a granel caiu de 200 mil dólares para quatro mil dólares, enquanto na
área de contentores desceu cerca de 30%.
Rui d’Orey,administrador do negócio de ‘shipping’ do grupo Orey refere que no segundo
semestre já se sentiram sinais da crise nas atividades de navegação e transportes
internacionais. Mas que, apesar disso, o balanço é positivo.

Graduação Tecnológica : Gestão de Comércio Exterior
Disciplina : Transporte Marítimo Internacional .
Prof. Luiz Cabral
Estrutura Básica de Empresas de Navegação deTransporte de Conteiners

1. Departamento de Operações Marítimas - Gerencia os navios, as escalas,
estivagem da carga além do gerenciamento do terminal.
2. Departamento Logístico – Responsável por toda a manutenção e pelo
controle de todos os contêiners utilizados(próprios ou leasing),
incluindo manutenção, reparos e reposicionamento.
3. Departamento Financeiro- Controle da contabilidade dasviagens(reservas, taxas, localização de depósitos), gerenciamento de
contas e orçamento.

Fonte: Maritime Economics
Martin Stopford

Graduação Tecnológica : Gestão de Comércio Exterior
Disciplina : Transporte Marítimo Internacional .
Prof. Luiz Cabral
Empresas de navios Contêineres
Estrutura Básica

4. Departamento Comercial – Gerencia a documentação e reserva de
cargas, lidando...
tracking img