Tranlho escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSOS ON-LINE – PORTUGUÊS – PROFESSOR RENATO AQUINO

AULA 5: ANÁLISE SINTÁTICA I
TERMOS DA ORAÇÃO

Frase, oração, período 1) Chama-se frase todo enunciado, com ou sem verbo, que tenha sentido completo. Ex.: Fogo! (Sem verbo: frase nominal) Estou em casa. (Com verbo: frase verbal) 2) Chama-se oração todo enunciado, de sentido completo ou não, que possua verbo. Ex.: Maurício chamou o amigo.(Um verbo: uma oração) Ele pediu que colaborássemos. (Dois verbos: duas orações) 3) Chama-se período o conjunto de orações. Ex.: Fizemos o serviço. (Uma oração: período simples) Estudei e fui para a escola. (Duas orações: período composto) Cada oração se divide em duas partes básicas: sujeito e predicado. São os chamados termos essenciais. Mas existem também os integrantes e os acessórios, queficam contidos ou no sujeito ou no predicado. Predicação verbal Este assunto é a base da análise sintática e da regência. Estude e aprenda o máximo que puder, que lhe será de extrema valia mais adiante. 1) Verbo transitivo direto: exige um complemento sem preposição obrigatória, chamado objeto direto. Ex.: Recebi o dinheiro. verbo transitivo direto: recebi objeto direto: o dinheiro Obs.: Não se podedizer apenas “recebi”, pois quem recebe recebe alguma coisa. Qual a coisa recebida? O dinheiro, que é o objeto direto. 2) Verbo transitivo indireto: exige um complemento com preposição obrigatória, chamado objeto indireto. Ex.: Gosto de você. verbo transitivo indireto: gosto objeto indireto: de você
www.pontodosconcursos.com.br 1

CURSOS ON-LINE – PORTUGUÊS – PROFESSOR RENATO AQUINO

Obs.:Também não se pode dizer somente “Gosto”, porque quem gosta gosta de alguma coisa ou de alguém. Qual a pessoa de quem se gosta? Você, que é o objeto indireto. 3) Transitivo direto e indireto: exige dois complementos, um sem preposição (objeto direto) e um com (objeto indireto). Ex.: Dei o lápis ao colega. Verbo transitivo direto e indireto: dei objeto direto (a coisa dada): o lápis objeto indireto (a pessoa a quem se deu): ao colega 4) Intransitivo: o que não exige complemento; pode pedir adjunto adverbial. Ex.: As mulheres gritaram. Verbo intransitivo: gritaram. Ele foi à praia. verbo intransitivo: foi adjunto adverbial de lugar: à praia. Obs.: O verbo, aqui, não parece intransitivo. Acontece que à praia não é objeto indireto, pois indica o lugar, função que compete ao adjunto adverbial.Assim, se o verbo não tem objeto (nem direto nem indireto), só pode ser classificado como intransitivo.(ou de ligação) 5) De ligação: o que indica estado ou mudança de estado e possui um predicativo; os principais são: ser, estar, parecer, ficar, continuar, permanecer, andar, tornar-se e virar. Ex.: Ela está feliz. Verbo de ligação: está predicativo do sujeito: feliz Obs.: Cuidado com a “decoreba”indiscriminada, que já derrubou muita gente. Se não houver predicativo, o verbo NÃO será de ligação. Ex.: Ela está em casa. Verbo intransitivo: está adjunto adverbial de lugar (e não predicativo): em casa Observações a) Todo verbo que só tenha adjunto adverbial com ele no predicado é intransitivo. Ex.: Cheguei cedo. Estamos no quintal. O garoto sonha muito. b) Os pronome pessoais oblíquos me, te,se, o, a lhe, nos e vos são, normalmente, complementos. Desses, o é sempre objeto direto; lhe, sempre indireto. Ex.: Esperei-o de manhã
www.pontodosconcursos.com.br 2

CURSOS ON-LINE – PORTUGUÊS – PROFESSOR RENATO AQUINO

o: objeto direto Obedeço-lhe sempre. lhe: objeto indireto. c) Com base no que se afirmou acima, deve-se notar que é impossível usar um pelo outro. Ex.: Eu lhe vi noaeroporto. Frase errada, pois o verbo ver pede objeto direto. Corrija-se para “Eu o vi no aeroporto”.

Termos essenciais I) Sujeito: é o termo a respeito do qual se declara alguma coisa. Ex.: Teu irmão está lá fora. Sujeito: teu irmão. (Declara-se algo sobre ele: está lá fora) Normalmente, acha-se o sujeito perguntando ao verbo: quem? No caso do exemplo dado, teríamos: quem está? Teu irmão, que é o...
tracking img