Trafico de animais silvestres renctas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 112 (27766 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1º Relatório Nacional sobre o Tráfico de Fauna Silvestre

AGRADECIMENTOS: A todos que de alguma forma colaboraram com este relatório, especialmente aos Funcionários do IBAMA, Polícia Florestal, Polícia Federal, Secretarias de Meio Ambiente e Ministério do Meio Ambiente; Aos membros da RENCTAS e a todos que enviaram denúncias sobre a ação de traficantes; Aos profissionais da imprensa queregistram e mostram ao país nossas falhas ambientais; A todos os policiais e agentes ambientais que não se deixaram contaminar pelo pessimismo e pelo descaso com a nossa fauna; E a todos que acreditam num país melhor, que respeita e preserva a sua biodiversidade.

Apresentação
Desde o seu descobrimento, o Brasil tornou-se alvo preferencial dos traficantes de animais silvestres. Porém, nunca em suahistória pôde contar com dados confiáveis e detalhados sobre essa atividade. As poucas informações disponíveis eram isoladas ou careciam de uma análise mais profunda. Para suprir essa lacuna e estabelecer parâmetros para o planejamento de ações e estratégias contra o tráfico de animais silvestres, a RENCTAS - Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres - implantou um projeto depesquisa para publicar este primeiro RELATÓRIO NACIONAL SOBRE O COMÉRCIO ILEGAL DA FAUNA SILVESTRE. Uma das principais dificuldades encontradas pela equipe responsável pelo projeto foi exatamente a ausência de critérios e de uniformização nos registros dos órgãos responsáveis pelo controle e fiscalização ambiental. Muitos sequer registravam os resultados de suas apreensões, outros nunca se preocupavamem fazer uma análise dessas informações. O que existia eram amontoados de dados, que precisavam de ser separados, avaliados e sistematizados. Existiam exceções, é claro. Estas normalmente eram encontradas nos registros dos Batalhões de Polícias Florestais Estaduais. A primeira fase do projeto consistiu em criar um questionário e enviálo para todos os órgãos ambientais no país. Das PolíciasFlorestais ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis - IBAMA, da Polícia Federal às Secretarias de Meio Ambiente, a equipe da RENCTAS, coordenada pela bióloga e pesquisadora Flavia Murad, se esforçou para levantar os dados iniciais para o relatório. Outra equipe, formada pelos estagiários, vasculhou os registros da imprensa sobre o assunto , além de fazer o levantamentobibliográfico. Ao final de 1 ano de pesquisa, tínhamos em mãos quase 16.000 páginas de documentos. A partir daí, iniciava-se a parte mais difícil do trabalho: analisar as informações, separar as fontes confiáveis e alimentar os bancos de dados que seriam responsáveis por gerar este relatório. Começava uma jornada que em alguns momentos parecia interminável. Estatísticos, cartógrafos, digitadores,estagiários e analistas. Todos debruçados sobre as informações, pesquisando, analisando e separando os dados, que mais tarde seriam discutidos em intermináveis reuniões.

3

As dificuldades foram imensas. A mais comum, por exemplo, foi tentar descobrir que espécies eram aquelas que tinham sido registradas apenas com o nome comum. Ararinha-azul, arara-pequena, ararauna, araracã, entre outros nomes,eram apenas denominações regionais para a mesma espécie. Jararacão, jararaca, jararaca-tapete, jararaca-do-brejo e jararaquinha eram nomes parecidos que designavam espécies completamente diferentes. Quando decidimos fazer esse levantamento, tínhamos uma expectativa muito negativa sobre os números e os resultados. Porém, quando os primeiros dados começaram a chegar, e as primeiras análisescomeçaram a tomar forma, essas expectativas se mostraram falsas. A realidade que começava a surgir no meio daqueles dados era muito pior. Com o avanço dos trabalhos, íamos descobrindo que muito pouco sabíamos sobre essa atividade ilegal no país. A quantidade de animais traficados, os pontos-de-venda de animais levantados e as ações desenvolvidas para o seu combate, mostravam contradições e apontavam...
tracking img