Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (297 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Em conseqüência do aumento da população mundial houve a necessidade de uma maior produção de alimentos, para garantir qualidade e maior produtividade tornou-se essencial o uso desubstâncias químicas para garantir o crescimento saudável e a eliminação das pragas que atacam as lavouras, tais substâncias recebem hoje o nome de agrotóxicos.
O Brasil foi, pelo segundoano consecutivo, o primeiro colocado no ranking mundial do consumo de agrotóxicos. Mais de um milhão de toneladas (o equivalente a mais de 1 bilhão de litros) de venenos foram jogadas naslavouras em 2009, de acordo com dados do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Defesa Agrícola (Folgado, 2006).
O consumo de agrotóxicos cresce de forma correspondente aoavanço do agronegócio, um modelo de produção que concentra a terra e utiliza quantidades crescentes de venenos para garantir a produção em escala industrial.
Desta forma, o usoexcessivo dos agrotóxicos está diretamente relacionado com a atual política agrícola do país, que foi adotada a partir da década de 1960. Com a chamada Revolução Verde, que representou umamudança tecnológica e química no modo de produção agrícola, o campo passou por uma “modernização” que impulsionou o aumento da produção, mas de forma extremamente dependente do uso dospacotes agroquímicos – adubos, sementes melhoradas e venenos.
A pesquisa foi realizada no Projeto de assentamento Oito de Outubro localizado no município de Simão Dias, na regiãosemi-árida do Estado de Sergipe, criado em 09 de Setembro de 1998, conforme número do processo 54370.001438/97-96, tem uma área total de 1.859,9271 ha. Dividida inicialmente em 81 unidadesfamiliares de produção, com área média de 60 tarefas por lote, o cultivo da terra é realizado por pequenos proprietários rurais, tendo como mão-de-obra essencialmente o núcleo familiar...
tracking img