Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (817 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Príncipe de Maquiavel é dirigido a um Príncipe que esteja governando um Estado, e o aconselha sobre como manter seu governo da forma mais eficiente possível. Essa eficiência é a ciência política deMaquiavel.
A presente obra é um livro de orientação prática de algumas ações políticas que o Príncipe deve fazer para conquistar e se manter no poder.

Frases importantes do Livro

No passado ena tradição apagam-se os desejos e os motivos para mudanças, porque, de qualquer modo, uma mudança sempre cria a base para uma mudança sucessiva.

Os ofendidos não podem causar dano, sendo pobres edispersos, como já disse. Pelo que se nota que os homens ou são aliciados ou aniquilados. Pois se vingam das pequenas ofensas, mas não das grandes. É indispensável que a ofensa seja tal que não setema a vingança.
A conquista torna-se perda e ofende muito mais, pois causa dano a todo o Estado, transformando-o com os alojamentos do exército.
Quem não governar bem esta parte, perderá logo o queconquistou e enquanto o mantiver, terá inteiramente infinitas dificuldades e problemas.
É coisa realmente natural e comum, desejar conquistar e sempre que os homens podem e o fazem, serão louvados enão censurados. Mais quando não podem e querem fazê-lo de qualquer modo, aqui está o erro e a censura.
De onde se tira uma regra geral que nunca ou raramente falha: Quem é a causa de alguém tornar-sepoderoso será derrubado; pois esse poder adveio dele, seja por engenho ou força, e os dois são mal vistos por quem tornou-se poderoso.
Naqueles Estados governados por príncipe e servos, o príncipe temmais autoridade, pois em toda sua província não há outro superior que não ele, e, se aborrecem a algum outro, fazem-no como ministro e oficial, e não lhe reservam um amor particular.
Tal governoconsiste do fato de existir pela vontade do príncipe, sabe que depende sua benevolência e poder.
Não se pode chamar de “valor” assinar seus cidadãos, trair seus amigos, faltar à palavra dada, ser...
tracking img