Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1729 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 5

4 CONCLUSÃO 9

REFERÊNCIAS 10

INTRODUÇÃO

Diante da busca de uma alternativa agrícola que substituísse as lavouras decadentes do café no norte doEstado e, ao mesmo tempo, gerasse trabalho para as famílias desempregadas na agricultura (Guerra, 1995). Desse modo, a crise da cafeicultura (1965-67) permitiu um “transbordamento” da agroindústria canavieira, já difundida em São Paulo, para regiões circunvizinhas, com destaque para Minas Gerais e Paraná (Kaefer e Shikida, 2000).
Entretanto, o avanço mais expressivo da agroindústria canavieiraparanaense só ocorreu a partir da segunda fase do Programa Nacional do Álcool (Proálcool), que se iniciou após o advento do 2º choque do petróleo, em 1979. Este, aliado á alta das taxas de juros internacionais, levou o governo brasileiro a acelerar a implementação do uso de álcool hidratado como combustível, estimulando a implantação de destilarias autônomas, tanto em região tradicionais – Estadosdo Sudeste e Nordeste do País – como em novas regiões produtoras, como Paraná, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul (Shikida, 1998).
Segundo Macedo (2007), a geração de empregos (agrícolas e industriais) tem sido um dos pontos mais fortes da indústria da cana, visto que ajuda a tolher a migração para as áreas urbanas e a melhorar a qualidade de vida em muitas localidades.
Não só de pontospositivos vive o setor agroindustrial canavieiro. Cumpre destacar os prejuízos ambientais e a saúde pública ocasionada pela queima que acontece o corte da cana. Embora isto esteja sendo trabalhado, sobretudo em São Paulo, ainda é um problema nos estados que não avançaram em legislação ambiental. (Ramão ET Al., 2007). Outro aspecto negativo diz respeito ao aumento da concentração da produção decana, em decorrência do crescimento de grandes grupos. Este maior poder de mercado tem sido alvo dos órgãos de defesa da concorrência (Shikida ET AL., 2007).






Diante dessa relevância que a agroindústria canavieira assume na economia brasileira, a questão que se coloca é: Qual a importância da Usina Costa Bioenergia (Umuarama – Pr) para o desenvolvimento local?
Nesse contexto, estapesquisa vem colaborar para o conhecimento desse importante setor da economia brasileira, podendo contribuir para elaboração de futuras políticas públicas que visem reduzir os entraves ao desenvolvimento de regiões brasileiras.















DESENVOLVIMENTO

A Costa Bioenergia fundada em 10/06/2009 e início da moagem em 13/06/2009 localizada no município de Umuarama,região Noroeste do Paraná é uma usina de beneficiamento de cana-de-açúcar e é referência de qualidade na região contribuindo de forma significativa com a economia do país.
Ela é uma das usinas mais avançadas tecnologicamente no Brasil para produzir açúcar cristal, álcool hidratado e energia elétrica, sempre respeitando o meio ambiente.
E energia produzida, limpa erenovável, é utilizada na própria usina, fazendo dela uma empresa autossustentável. Calcula-se que em breve a energia gerada será suficiente para abastecer uma cidade de 400 mil habitantes.
Além do plantio próprio da usina, a cana-de-açúcar também é obtida por meio de parcerias com produtores locais, que são apoiados por programas de suporte e melhoria da produção.
Aarquitetura de controle desenvolvida para a usina Costa Bioenergia utiliza os mais avançados conceitos de automação industrial. Um dos principais pontos que chama atenção é o elevado grau de integração dos diferentes níveis de automação, onde dados de instrumentos e sensores de campo podem ser facilmente monitorados nos sistemas gerenciais da plana de forma transparente.
A solução para...
tracking img