Trabalhos unopar 1 periodo individual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1607 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho apresentado ao Curso de Bacharelado em Administração de Empresas da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas: Teorias da Administração – I: Comunicação e Linguagem: Sociologia Sociologia..


Professores Orientadores: Samara Headley, Marcelo Silveira, Wilson Sanches, Márcia Bastos.


RESPOSTAS DA ATIVIDADE PROPOSTA

QUESTÃO 1 – Letra (a): Explique o que é areestruturação capitalista e a crise dos Estados nacionais,

Reestruturação capitalista: A partir da década de 80 a classe trabalhadora sentiu um golpe significativo que redesenhou seu perfil. Uma gigantesca implantação de inovações tecnológicas possibilitou às fábricas uma diminuição considerável nos números de seus quadros de operários. Sofreram mais com tal mudança aqueles operários, homens emulheres, cuja pouca capacitação os habilitava apenas ao desempenho de trabalhos braçais, trabalhos este que doravante seria atribuído às máquinas.
Além disso, nos anos 80 a indústria mundial retraiu-se não mais repetindo aquele crescimento que a caracterizara nas décadas anteriores. Somando-se estes fatores tivemos como conseqüência imediata o desemprego e frente a isso a instabilidadeprofissional daqueles que apesar de tudo conseguiram manter seus postos de trabalho, postos estes que agora era almejado por um número cada vez maior de pretendentes. Esta divisão da classe trabalhadora entre empregados e desempregados minou a histórica unidade que ela possuía, e mesmo no meio daqueles trabalhadores que conseguiram permanecer em seus postos surgiu uma classe privilegiada nos postos dechefia que marcava uma diferença até econômica em relação aos trabalhadores dos cargos subalternos. Estes dois fatores provocaram um enfraquecimento do sindicalismo e subseqüentemente a diminuição da representação política das classes trabalhadoras.
A crise dos Estados nacionais, A conclusão da revolução burguesa no Brasil parecia abrir novas possibilidades tanto para a acumulação do capital, comotambém para as forças democráticas das classes subalternas. No entanto, a forma que os Estados imperialistas haviam assumido após a guerra dos 30 anos do século XX (1914-1945), identificadas nas políticas keynesianas, com investimentos públicos e seguridade social, no governo representativo de uma cidadania ampliada e na base produtiva fordista-taylorista, chegara a seu limite como elementodinamizador da acumulação do capital. Para fazer frente ao avanço do movimento operário e à crise de valorização, visando atingir a desterritorialização e mundialização do capital, foi desencadeada uma ofensiva global contra o mundo do trabalho, contra o socialismo de Estado e contra os Estados subalternos mais consolidados. Uma revolução técnico-científica e gerencial foi ativada a partir de fins dosanos 70 com o duplo objetivo de aumentar a produtividade do trabalho e quebrar o poder de negociação do sindicato. O resultado foi uma substancial alteração na própria materialidade do mundo do trabalho, com significativas alterações no perfil profissional derivadas da desqualificação, fragmentação e precarização nas relações de trabalho, além de uma desocupação estrutural massiva.
Outra faceta dasmais importantes assumidas pelo capital em crise tem sido a financeirização e a já aludida desterritorialização que permitem uma aceleração no processo de centralização e concentração, assim como uma reprodução ampliada que tende a se desmaterializar e se reduzir à fórmula do dinheiro que produz dinheiro. Mas a ofensiva do capital em crise de valorização tem necessidade -- como em qualquer outromomento da contradição em processo -- de um Estado adequado a essa nova fase voltada para a consecução da mundialização.

QUESTÃO 2 – Sob a perspectiva da administração, procure identificar os seguintes pontos: Planejamento Estratégico envolvido no Desenvolvimento Econômico local e/ou Regional.

Por décadas seguidas, o Vale do Sub-médio São Francisco, no Nordeste brasileiro, tem sido cenário...
tracking img