Trabalhos escolares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (943 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA CRÍTICA: MACUNAÍMA

O filme Macunaíma, com estilo cômico, é uma adaptação realizada pelo diretor Joaquim Pedro de Andrade,em 1969, baseado no livro de 1928 do escritor brasileiroMário de Andrade , considerado um dos grandes romances modernista do Brasil.
A história retrata o protagonista Macunaíma, um índio-herói preguiçoso, mentiroso, safado e sem caráter, que nasceu em meio auma tribo da mata amazônica. Desde pequeno, sempre arranjou encrenca com seus irmãos Maanape e Jiguê. Certa manhã, a mãe faleceu e assim, com muita tristeza e lamento os irmãos resolvem partir pelomundo afora.
Até que um dia, Macunaíma encontra e apaixona-se pela guerreira Ci, A Mãe do mato, e a toma como sua esposa. Depois de perderem um filho, Ci morre e lhe dá como herança uma pedra da sorteque serve de amuleto: o Muiraquitã. No entanto, o índio perde tal amuleto e descobre que sua pedra valiosa havia sido levada por um mascate italiano Venceslau Pietro Pietra, que mora na cidade de SãoPaulo.
Com esse ocorrido, os três irmãos vão até a cidade resgatar a pedra e descobrem que o mascate peruano, é na verdade, o gigante Piaimã, comedor de gente. Nessa busca, Macunaíma vive váriasaventuras, conhecendo e amando prostitutas, enfrentando vilões, policiais, criminosos e personagens de todos os tipos.
Em meio de várias lutas, só na ocasião de uma grande festa na mansão de Venceslau,é que, inteligentemente, o herói consegue matar o gigante e recuperar o muiraquitã. Aquela festa era uma verdadeira sessão de canibalismo entre pessoas da alta sociedade, onde havia um grande trono,onde estava o gigante, que acabou caindo em uma artimanha de Macunaíma.
Após o resgate da pedra da sorte, o herói e seus irmãos regressam para a terra natal Uraricoera, na Amazônia. Nessa volta não seesqueceram de levar diversos eletrodomésticos – todos inúteis naquela floresta, sem eletricidade. Na tapera, que havia se transformado em maloca, por força da preguiça, que era imensa, e desse...
tracking img