Trabalhos academicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2542 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 
DESAFIOS DA WEG NO MERCADO CHINÊS Diego Pautasso e Américo Ribeiro Mendes Netto, da ESPM-RS. RESUMO O presente estudo de caso aborda os desafios de internacionalização da Weg no mercado chinês. Apresenta um histórico da empresa originalmente de motores elétricos surgida em Jaraguá do Sul, Santa Catarina, e que atualmente tem sólida inserção internacional. Nesse sentido, o estudo retoma aentrada da Weg na China e sugere alguns tópicos de reflexão acerca dos desafios a ser enfrentados para a empresa brasileira consolidar e ampliar sua posição no mercado chinês. presentação Em 1961, um eletricista, um administrador e um mecânico, munidos de empreendedorismo, davam início à Weg, uma empresa do setor de motores elétricos, fundada no nordeste catarinense. Aproveitavam-se também do ciclodesenvolvimentista da economia nacional e do dinamismo do mercado interno nos anos 1960. Meio século depois, Werner Ricardo Voigt, Eggon João da Silva e Geraldo Werninghaus, cuja junção das iniciais deu origem ao nome da empresa, têm diante de si os desafios da internacionalização para a China. Como consolidar o produto e a marca Weg no mais dinâmico mercado mundial, em que as variáveis culturais,absolutamente distintas, são cruciais ao êxito da empresa? O desenvolvimento da Weg deu-se na dinâmica região industrial de origem alemã e italiana no nordeste catarinense. A região estende-se de Joinville até Rio Negrinho, no planalto norte e deste até Rio do Sul, no alto Vale do Itajaí, continuando em direção a Brusque, no Vale do Itajaí-Mirim, seguindo a Blumenau e daí novamente até Joinville,fechando-se o perímetro que tem cerca de 50% do PIB industrial catarinense. A região concentra-se nos setores de metalurgia, mecânica, elétrico, plásticos, têxtil e química. A Weg é o exemplo do dinamismo regional, situada em Jaraguá do Sul (MAMIGONIAN). Apesar desse dinamismo regional e do cenário de crescimento da economia brasileira, a Weg teve de enfrentar desafios de empresa nascente. O dilemados fundadores era: como suprir insumos e mão de obra numa área tipicamente rural? Mas o potencial de mercado motivou a empresa a adotar medidas voltadas ao treinamento de pessoal e à busca organizada por insumos e componentes. O natural desconhecimento da marca começou a ser superado com o estabelecimento de uma estratégia capaz de permitir a concorrência com fabricantes de motores elétricos nopaís, todos com estruturas consolidadas de fabricação, vendas e serviços, tais como General Electric, Arno, Brasil, Búfalo e Eberle. Como marca nova, a Weg teria dificuldades em conseguir alguma fatia no segmento sem implantar sua própria rede de distribuição e serviços. A solução adotada foi a de selecionar pequenas oficinas de recuperação de motores elétricos, não comprometidas com concorrentes,transfomando-as em assistentes técnicos e distribuidores exclusivos. Essa foi a base do arranque mercadológico que permitiu a formação da rede de vendas e serviços. O diferencial competitivo proporcionou o crescimento constante de sua posição no mercado ao longo dos anos. Atualmente a Weg é líder de mercado de motores elétricos, detendo de 75 a 85 % das várias faixas de potências (AssociaçãoBrasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica). O crescimento contínuo das vendas da Weg exigiu que outra medida estratégica fosse tomada na área industrial, ou seja, a verticalização do seu processo produtivo: ferramentaria, fundição, centros de usinagem, fabricação de fios magnéticos esmaltados, fabricação de tintas e vernizes, tratamentos térmicos e laboratórios para controle de qualidade, etc. Osinvestimentos elevados, feitos através dos anos, deram ao grupo Weg a grande vantagem competitiva sobre os principais concorrentes mundiais, cuja grande maioria se transformou em montadoras dependentes de fornecedores externos para seus processos industriais. Ao longo de sua história, os acionistas adotaram a filosofia de destinar apreciável parte dos seus lucros no aprimoramento dos parques...
tracking img