Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3082 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
NOME ESCOLA









































Nomes:

Turma:

Disciplina:

Professor:






Introdução histórica do uso da energia



O desenvolvimento do ser humano está diretamente ligado aos tipos de energia que teve acesso. O domínio sobre o fogo foi o primeiro grande passo para a humanidade. A algumas décadas atrás ocombustível utilizado era a lenha, mais tarde descobriu-se carvão vegetal, um combustível mais compacto se comparado com a lenha. Estes energéticos, que até hoje são utilizados, o homem deu início à metalurgia, indústria básica para o desenvolvimento da agricultura, todo tipo de artesanato, armamentos, construção civil, transporte etc.
O primeiro metal a ser trabalhado foi o bronze, misturade cobre com estanho, depois veio o ferro, que foi viabilizado com o uso do carvão mineral na sua metalurgia. O carvão mineral foi o combustível que impulsionou a revolução industrial alimentando as máquinas a vapor e, através destas, o homem conseguiu produzir em grandes quantidades produtos manufaturados, como tecidos, ferramentas e outras máquinas. Foi também através das máquinas a vapor que ohomem reduziu o tempo de deslocamento entre cidades e países, através das locomotivas e navios. É importante ressaltar que a Inglaterra, berço da revolução industrial, foi onde primeiramente se descobriu grades jazidas de carvão mineral e minério de ferro.
Com o carvão mineral foi possível produzir um gás, conhecido como gás manufaturado. Este gás, rico em hidrogênio, permitiu as primeirasinstalações de iluminação pública e depois no uso residencial, em fogões e aquecedores de água. Este tipo de utilização só foi possível graças a esse gás ser uma extensão do uso do carvão.
O uso do gás manufaturado foi abandonado da iluminação pública com a descoberta da energia elétrica no século XVIII e mais tarde, a energia elétrica passou também, a ocupar espaço do carvão nos processosindustriais. A energia elétrica era mais nobre do que o carvão, pois sua conversão em outra forma de energia é conseguida de forma muito eficiente.
No final do século XIX outro energético surge para mudar o mundo, o petróleo com o uso de seus derivados. A infinidade de variações de hidrocarbonetos, permitindo diversos tipos de combustíveis gasosos e líquidos, além de outros que viabilizarama indústria do plástico. Rapidamente surge a indústria automobilística, que anda em rodovias, feita com asfalto, subproduto da destilação fracionada do petróleo.
Século XX início do uso em escala do gás natural. Seu início foi nos EUA, mas com as exportações da Rússia, com a maior reserva do planeta, o gás natural tomou espaço do carvão nas termoelétricas e do gás manufaturado fornecidopara as residências na utilização em fogões, aquecedores e calefação. Hoje o gás natural se tornou mundialmente o energético mais utilizado em termoelétricas e é o que mais cresce em utilização no mundo.
Outro combustível do século XX é o nuclear, inicialmente foi fonte de energia para as bombas atômicas e, posteriormente, teve sua utilização como combustível em usinas termonucleares. Muitospaíses ainda utilizam esta forma de energia, como os EUA, França e Alemanha. Hoje, seu uso está sendo repensado.
História da Matriz energética brasileira
Desde a descoberta, o Brasil utiliza a lenha como fonte de energia, o ciclo da cana de açúcar se desenvolveu sendo sustentado pela lenha. O caldo de cana era aquecido em tachos de cobre, utilizando lenha.
O ciclo do ouro, queveio em seguida, também foi calcado no uso da lenha. O ouro em pó era derretido em fornos a lenha e/ou carvão vegetal e auxiliados por foles, assim obtinha-se as temperaturas necessárias.
O ciclo do café foi o primeiro que trouxe o uso do carvão mineral, não porque a torrefação necessitasse, mas porque o dinheiro proporcionado pelo café, aliado à presença de imigrantes que trouxeram altos...
tracking img