Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1090 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
rio macacuA Bacia Hidrográfica do rio Macacu
A bacia do Guapi/Macacu possui uma área de drenagem de cerca de 1640 km² e uma população estimada em 106.341 mil habitantes (JICA, 1994). É limitada ao norte e noroeste pela serra dos Órgãos, à nordeste pela serra de Macaé de Cima, à leste pelas serras da Botija e de Monte Azul e ao sul pelas serras do Sambê e dos Garcias.
O município de Cachoeira deMacacu tem 90% de sua área nesta bacia, Guapimirim tem aproximadamente 95% e Itaboraí, 12%.
O rio Macacu nasce na serra dos Órgãos, a cerca de 1700m de altitude, no município de Cachoeiras de Macacu, e percorre aproximadamente 74 km até a sua junção com o Guapimirim. Os principais afluentes são os rios São Joaquim, Bela Vista, Bengala, Soarinho, das Pedras, Pontilhão e Alto Jacu, pela margemesquerda, e os rios Duas Barras, Cassiano e Guapiaçu, seu maior afluente pela margem direita.
A partir da confluência do Guapiaçu com o Macacu inicia-se o Canal de Imunana, construído pelo extinto Departamento Nacional de Obras e Saneamento (DNOS) com o objetivo de drenar as áreas adjacentes frequentemente inundadas. Com a construção do canal o curso natural do Macacu foi desviado e ele se uniu aoGuapimirim. Sua área de drenagem, por essa razão, foi enormemente aumentada e o rio Guapimirim, após receber as águas do Macacu/Guapiaçu passou a ser chamado de Guapi até a sua foz na Baía de Guanabara. O rio Caceribu, que também era afluente do Macacu pela margem esquerda, ganhou, a partir das obras do DNOS, desembocadura independente, ocupando o antigo baixo leito e a foz do Macacu na Baía deGuanabara.
A Bacia do Guapi/Macacu é responsável pelo abastecimento de cerca de 2,5 milhões habitantes dos municípios de Cachoeiras de Macacu, Guapimirm, Itaboraí, São Gonçalo e Niterói, além de ser utilizada para irrigação e piscicultura.
O uso do solo é predominantemente rural, com áreas de vegetação natural, agricultura e de pastagens.
A história da ocupação de área da bacia do rio Macacuremonta do início da colonização do Brasil. A sesmaria de Macacu, estabelecida em 1571, teve seu primeiro povoado denominado Santo Antônio de Sá. Em 1923, este povoado recebeu o nome de Cachoeira de Macacu.
No caso do município de Magé, sua origem data de 1567, com a instalação do povoado de Magé, próximo a foz do rio Magé. O município de Guapimirim foi criado a partir do desmembramento de Magé(criação em 21/12/1990 e instalação em 01/01/93).
A ocupação do recôncavo da baía deu-se a partir da plantação da cana-de-açúcar nas terras baixas e de colinas (séculos XVI a XVIII).
Os rios nas áreas de baixadas exerceram importante papel na penetração e colonização da região. "Ao longo de suas margens é que se foram alinhando engenhos e fazendas e por eles é que descia para o Rio de Janeiro aprodução" (Lamego, 1948).
O rio Macacu era navegável até Porto das Caixas (atualmente Bacia do Rio Caceribu) onde era realizado o embarque da produção de Itaboraí.
Quanto ao relevo, encontram-se na bacia do rio Macacu, de montante para jusante, as escarpas e reversos da serra do Mar seguidas de colinas e maciços costeiros, uma pequena área de tabuleiros costeiros e, finalmente, grandes áreas de planíciescosteiras e modelados de acumulação fluvial.
As altitudes máximas são encontradas junto às nascentes dos rios e são na ordem de 1700m, no rio Macacu, 1200m no rio Guapiaçu e 2000m no rio Guapimirim.
Observa-se na área da bacia o bioma Mata Atlântica e os ecossistemas campos de altitude, manguezais, brejos, rios e estuários. Na bacia do Guapi/Macacu, no município de Guapimirim, localizam-separcialmente, sob a tutela federal, as seguintes Unidades de Conservação: Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Área de Proteção Ambiental de Petrópolis e Área de Proteção Ambiental de Guapi-Mirim, localizada na foz do Guapi e de outros rios do leste da Guanabara. Esta foi criada pelo Decreto Presidencial nº 90.225 de 25 de setembro de 1984, para proteger os manguezais remanescentes no litoral da...
tracking img