Agua

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1663 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS
CAMPUS MANAUS CENTRO- DIRETORIA DE ENSINO SUPERIOR
TECNOLOGIA DE ALIMENTOS - TECNOLOGIA DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS DA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

Prática de Sedimentação

Manaus-AM
2012

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS
CAMPUS MANAUS CENTRO- DIRETORIA DE ENSINO SUPERIOR
TECNOLOGIA DE ALIMENTOS -TECNOLOGIA DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS DA INSDÚTRIA DE ALIMENTOS

Adriana da Silva Isél

Érika da Silva Rosas

Silvia Pires das Neves

Relatório de Aula Prática da disciplina Tecnologia de Tratamento de Resíduos da Indústria de Alimentos, ministrada pela professora Libertalamar Saraiva no Instituto Federal do Amazonas- IFAM, curso de Tecnologia em Alimentos


Manaus-AM
2012
1.INTRODUÇÃO

O processo de sedimentação mais comum consta da separação sólidofluido, sob ação da gravidade, em geral efetuada em tanques de secção cilíndrica ou retangular denominados de sedimentadores.
A operação consiste em concentrar suspensões de sólidos em líquidos ou purificar o líquido. Pode ser realizada em batelada (um simples tanque) ou em equipamento contínuo.

2.1. Fatores dosquais dependem a sedimentação de uma partícula.

Existem diversos aspectos a serem considerados quando se estuda o comportamento de materiais diversos durante o processo de deposição. Vários estudos sugerem fatores como concentração de sólidos em suspensão ou a temperatura da água (ou qualquer meio nos quais os particulados sólidos estejam em suspensão) como condições de extrema importância nasedimentação ou decantação.
Variações de concentração de particulados modificam, em primeiro lugar, a forma de sedimentação das partículas. Com uma concentração mais baixa na solução tem-se uma sedimentação livre, ou seja, poucos obstáculos se interpõe ao movimento das partículas e poucas interações acontecem, deixando o regime mais estável. Assim como as propriedades das partículas modificam aforma de deposição (sedimentação para partículas livres ou decantação para partículas floculadas).
A separação de uma suspensão pela deposição dos sólidos por gravidade até a obtenção de um fluido límpido e uma lama com maior teor de sólidos é denominada de sedimentação. O mecanismo da sedimentação pode ser mostrado em ensaio com suspensão em provetas

Figura1- Zonas durante um experimento desedimentação em proveta
Na Figura 1, podem-se identificar quatro zonas distintas:
A – Líquido clarificado;
B – Suspensão com concentração uniforme, igual à inicial;
C – Zona de transição e concentração não-uniforme, aumentando de cima para baixo;
D – Zona de compressão, que aumenta com o passar do tempo;

Com o passar do tempo, as alturas de cada zona variam. Ocorre inicialmente umadiminuição de B com um aumento simultâneo de C e D. Passado algum tempo, as zonas B e C desaparecem e todos os sólidos encontram-se na zona D. Esse ponto denomina-se Ponto Crítico ou ponto de compressão. A altura da zona de compressão é denominada Zc e a respectiva concentração é denominada Cc. Deste ponto em diante ocorre a compressão lenta dos sólidos com a suspensão do líquido retido.

Método deTalmadge-Fitch
‘1O método de Talmadge-Fitch (1955) baseia-se na determinação do ponto crítico (Zc, θc) através de análise da curva de sedimentação como mostra a Figura 2:

Figura 2: Método gráfico de Talmadge-Fitch
Onde:
Zc: Altura da interface no ponto crítico θc: Tempo necessário para se atingir o ponto crítico θe: Tempo necessário para o espessamento
Etapas:
1. Traçar a tangente à curva desedimentação na zona de clarificação;
2. Traçar a tangente à curva de sedimentação na zona de espessamento;
3. Traçar a bissetriz entre as 2 retas;
4. Localizar o ponto crítico;
5. Traçar a tangente à curva de sedimentação passando pelo ponto crítico.

Figura 3: Identificação de θe
6. Identificar Z1, Zc e θc
Considerando que a massa de sólidos é constante e que no período de...
tracking img