Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (361 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Durante a passagem pelo Canal de Suez, temos uma mudança nos rumos narrativos da história. Em Marselha, Nápoles e Atenas, subiu uma celebridade, e agora o capitão do navio convida a todas para umjantar em sua mesa. Uma empresária francesa, uma atriz italiana, uma cantora grega e um capitão americano se sentam e começam a trocar idéias diversas, até que cai a ficha: cada um estava falando em suaprópria língua. Todos celebram essa incomum, porém agradável, coincidência, de que todos falam as mesmas quatro línguas, e isso gera uma nova discussão sobre a questão da comunicação no mundo atual.Rosa e a filha se juntam à mesa na noite seguinte, mas desta vez impera o inglês, uma vez que ninguém além dela e do capitão entendem português, e ela própria tem suas limitações lingüísticas.Entretanto, todos falam inglês, o que prova a não só a extensão da colonização cultural inglesa e americana, como a decadência cultural do velho continente, em especial da Grécia, cuja língua-mãe de todacultura ocidental só é falada no próprio país; ele abriu mão da própria cultura e abraçou a modo de ser americano e a tecnologia. Mas eles se esqueceram do velho oriente, que resiste silenciosamentecontra a invasão ocidental.

Neste momento, o capitão é alertado sobre uma bomba à bordo do navio.
Spoilers à vista. Não continue lendo caso não deseje conhecer detalhes importantes do enredo.
O final,chocante e trágico, traz todas estas questões à tona novamente. Todos do navio conseguem escapar, exceto Rosa e Maria Joana. A expressão de desespero e surpresa do capitão ao ver a explosão enquantotentava salvar as duas vai além de uma tristeza de perder parte de sua tripulação, em especial de duas companhias que conhecia; ali se perdeu a própria continuidade da história. Maria Joana é a únicacriança do filme, ela é o elo entre o passado e o futuro, a possibilidade de se aprender com os erros e mudar os rumos caóticos. Sem a nova geração (algo que lembra os ataques à crianças pelos...
tracking img