Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1804 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Mitologia Celta e a Mitologia Nórdica representam não somente a religiosidade e cultura de seus povos, mas também, a sua incessante necessidade de perpetuar sua crença e suas tradições. Simbolizam ainda, a participação histórica desses povos no processo de miscigenação e formação étnica da Grã-Bretanha, revelando muito do que se liga a ela através do folclore britânico.
As característicasrestantes dessas mitologias no folclore britânico são um argumento muito forte, no qual baseou-se ao dizer que, não foram somente resquícios que permaneceram, mas sim, elementos comprobatórios da legítima influência da cultura e crença dos povos ancestrais. Essas mitologias não foram descaracterizadas e desgastadas com o tempo, mas tiradas de foco, evidenciando então, uma deficiência na propagação desuas histórias.
A Literatura Inglesa, no processo de aprendizagem da Língua Inglesa conhecendo o seu léxico e cultura, deve-se abordar a história desses povos e sua mitologia como caracteres essenciais para a discussão e compreensão da cultura britânica, como também, a cultura particular veiculada pela Língua Inglesa, descobrindo que essa tem raízes nas línguas celtas e anglo-saxônica. Afirma-seabaixo, a importância do mito como narrativa ancestral:

Sua origem perde-se no princípio dos tempos. São narrativas tão antigas quanto o próprio homem; e nos falam de deuses, duendes, heróis fabulosos ou de situações onde o sobrenatural domina. Os mitos estão sempre ligados a fenômenos inaugurais: a genealogia dos deuses, a criação do mundo e do homem, a explicação mágica das forças danatureza, etc. (Coelho, p.80, 1982)

E ainda, reforça-se aqui, o caráter de necessidade da presença do mito nas comunidades primevas no seguinte trecho:

(...) ao rememorar os mitos e reatualizá-los, ele é capaz de repetir o que os deuses, os Heróis ou os Ancestrais fizeram ab origine. Conhecer os mitos é aprender o segredo da origem das coisas. Em outros termos, aprende-se não somente como as coisasvieram à existência, mas também, onde encontrá-las e como fazer com que reapareçam quando desaparecem. (Eliade, p.18, 1994)

Ainda que no aprendizado da Língua Inglesa seja priorizado, em primeira instância, o processo de aquisição do léxico, deve-se voltar um olhar para a cultura da língua, descobrindo então, uma herança cultural arcaica que se faz presente nas mitologias dos celtas e dosnórdicos. Buscar textos e contos que resgatam essas mitologias, como sem dúvida seus mitos, é voltar na história desses povos e penetrar em sua essência.
Os mitos detêm uma narrativa de encanto e eloqüência, como a mitologia propriamente dita, reservando um especial aspecto de misticismo e sacralidade às histórias, aguçando a necessidade de um envolvimento maior com essas narrativas, evidenciando oimportante veículo da leitura para a compreensão dessas culturas ali presentes. O ensino da Língua Inglesa deve abarcar essas mitologias, preocupando-se não somente com a aquisição de vocábulos e da pronúncia dos mesmos, mas comportando em si, a história da Britannia junto aos povos celtas e nórdicos e sua cultura, representando mais um elemento a ser descoberto pelo estudante, voltando seu estudopara discussões ligadas a questões culturais, enfatizando a cultura antiga desses povos que habitavam a Europa, e questões históricas, ressaltando a movimentação desses povos e suas intervenções no continente europeu e, particularmente, na Britannia.
Por razão do Inglês Arcaico ser considerado e nomeado de anglo-saxão, considera-se como a mais velha narrativa épica da Literatura Inglesa, a epopéiaBeowulf. Há outro exemplo nas Eddas (as duas antologias de mitologia e lendas escandinavas da antiga literatura Islandesa) que são as correspondências dos deuses entre os povos, como Odin para os escandinavos, Wotan para os germânicos e Woden na versão bretã (Borges, p. 03, 2002) e, por essa razão, o nome desse deus é modificado para formar a palavra “Wednesday”, quarta-feira em inglês. O mesmo...
tracking img