Trabalho ou Emprego?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (726 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de julho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
ENSAIO F ILOSÓFICO

TRABALHO OU EMPREGO?

ADRIEL MARANGONI

CAXIAS DO SUL
2014

Trabalho ou Emprego?
No mundo contemporâneo, usamos as palavras trabalho e emprego para designar
o mesmosignificado. Mas será que elas possuem o mesmo sentido? Qual a diferença
entre elas? É possível ter um emprego sem ter trabalho? Para entendermos melhor a
diferença, é necessário abordarmos osaspectos etimológicos e filosóficos acerca dessas
duas palavras.
O termo mais comum é “trabalho”. Quando alguém é demitido, procura um
emprego e geralmente encontra um trabalho. Etimologicamente, apalavra vem do latim
“Tripalium”. O tripalium na sua origem era um instrumento utilizado por agricultores
para baterem o trigo e as espigas de milho. Mais tarde, o termo foi adotado para
designar umobjeto de tortura de escravos (parecido com o instrumento usado pelos
agricultores). Foi então que tripalium deu origem à palavra “trabalho”, no português.
Parece que, mesmo inconsciente da etimologia,tornamos o significado desse
substantivo como uma espécie de tortura, como fonte de sofrimento ao invés de fonte de
vida.
Não é possível viver e ser feliz trabalhando. Quem trabalha, sobrevive eespera
no futuro. Passa o dia esperando pela noite; a semana pelo fim; e o ano pelas férias.
Albert Schweitzer dizia que “a tragédia não é quando um homem morre, a tragédia é
quando morre o que estádentro dele enquanto ele ainda está vivo”. Quando se faz algo
escravizado pelas necessidades de sobrevivência e não pelo amor que se tem, o homem
morre enquanto vivo; se frustra; se desgasta. Com opassar do tempo, vai se apagando; e
aquela chama que existia não ascende mais.
Aristóteles propôs que tudo tinha um papel no Kosmos e que para saber qual era
o seu, bastava conhecer a si mesmo;descobrir seus talentos e desenvolvê-los. Quem
fizesse dessa forma alcançaria o que ele chamava de Eudaimonia, que nada mais é do
que a felicidade. Como o próprio filósofo dizia: “A felicidade é um...