Trabalho no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2223 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE FORTALEZA
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS


MARCELLI FEITOZA DE ALBUQUERQUE FREITAS






TRABALHO NO BRASIL




FORTALEZA
2010

SUMÁRIO

Introdução ................................................................................................................... 3
Desenvolvimento........................................................................................................ 4
Bibliografia .................................................................................................................. 9

INTRODUÇÃO
As práticas utilitárias do capitalismo são equivalentes a um culto religioso. O capitalismo não exige adesão a um credo, a uma doutrina ou a uma teologia; o que conta são as ações, que representam, por sua dinâmicasocial, práticas cultuais (Löwy, 2005). Nessa concepção, cultua-se o valor monetário acima dos valores humanos.
O trabalhador torna-se menos importante que o lucro gerado pelo mesmo. Não importa quais as condições a que são submetidos, mas que lucros podem ser obtidos através dos mesmos. Dessa forma, o trabalhador desce ao nível de mercadoria. A miséria do trabalhador aumenta com o poder e o volume desua produção; que o resultado necessário da concorrência é a acumulação de do capital em poucas mãos e, por conseqüência, um terrível restabelecimento do monopólio (Marx, 1844).
A história econômica do Brasil é percebida como uma sucessão de empreendimentos econômicos de sucesso temporário (Souza, 1998). Citam-se os exemplos das plantações de cana-de-açúcar no Nordeste e da cultura do café noSudeste. Estes foram empreendimentos que tiveram grandes lucros à custa de trabalho em condições subumanas. O lucro gerado era destinado, não aos trabalhadores, mas aos senhores detentos do poder e da terra.
Este trabalho tem como objetivo descrever o processo de objetivação do trabalhador como meio gerador de lucro, a influência da religião nesse processo e analisar a influência que teve, eainda tem, no atraso econômico e social do Brasil.






DESENVOLVIMENTO
O elemento religioso encontra-se entranhado em diversos aspetos da vida cotidiana, especialmente o de natureza econômica (Souza, 1998). A influência deste elemento encontra-se presente também em seus moldes, cabendo a comparação de um com o outro.
Semelhante ao que ocorre nas religiões tradicionais em que à medida queo homem atribui as coisas à Deus, menos guarda para si; quanto mais o trabalhador atribui valor aos objetos, menos pertence a si próprio (Marx, 1844).
Todas as religiões de salvação, sejam elas ocidentais ou orientais, têm por base concepções de mundo dualista; ética versus ritual (Souza, 1998). Nesse contexto, divide-se o que deve ser cultuado pelo ritual (valorização de Deus) e o que deve serpregado por moral e conduta (valorização do homem), substituindo a mistificação pela valorização do mundo real. Comparando-se à economia, substitui-se a valorização do trabalhador pelo carisma pela valorização por competência; o emocional substituído pelo racional.
Apenas o ocidente consegue superar os limites de uma concepção de mundo tradicional e da forma de consciência que lhe corresponde.O seu produto mais acabado é o indivíduo capaz de criticar a si mesmo e à sociedade onde vive (Souza, 1998). É esta concepção de questionamento, de evolução que acarreta em conquistas trabalhistas e pessoais, uma vez que se tira Deus a causa absoluta de sua condição.
Segundo Löwy (2005), o capitalismo iguala-se a um culto religioso na medida em que o dinheiro, em forma de papel-moeda, torna-se oobjeto do culto análogo aos dos santos das religiões “comuns”. A moeda torna-se objeto de adoração. E os homens passam a servir a ela, como serve a Deus.
Uma característica do capitalismo como religião é o seu caráter culpabilizador. É o primeiro exemplo de um culto que não é expiatório, mas culpabilizador (Löwy, 2005). Semelhantes às religiões “tradicionais”, a busca incessante ao objeto de...
tracking img