Trabalho - inventario de uma residencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3074 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Acadêmicas:
Édina Fankhauser – 11582
Mariany Calgaro – 11337
Raquel Theobald – 11007
Sindi M. Wink – 10503
Tahis Barros - 10551


APRESENTAÇÃO




Preservar o patrimônio histórico de uma cidade tem um valor sem precedentes, pois é através dele, que será mantida viva na memória da população, a história e as diversas fases de desenvolvimento pelas quais passaram seusantepassados.


A disciplina de Técnicas Retrospectivas tem, portanto, a missão de oportunizar situações para o desenvolvimento de um saber competente, tanto em nível teórico quanto prático, dos conceitos de preservação do patrimônio histórico e cultural. Considerando ainda, a compreensão do homem, seu saber e seu ser enquanto sujeito histórico. Esses fatores contribuem para uma formação maiscrítica e ética da profissão.




Um fato importante a ser considerado, é a questão do incentivo ao turismo, que a preservação dessas edificações antigas pode ocasionar. Podem-se manter essas obras preservadas, sem descaracterizá-las e ainda dar uma função social a elas. Função essa, que pode aumentar o turismo local, contribuindo assim para o pleno desenvolvimento da cidade.Ao contrário do que muitos pensam, o patrimônio histórico compreende muito mais do que apenas edifícios públicos (imóveis oficiais, igrejas ou palácios), ele engloba também trechos urbanos, ambientes naturais de importância paisagística e obras particulares. Como é o caso do presente trabalho, onde tem por intuito inventariar uma edificação residencial quatropontense unifamiliar datada de1957.
7.1 INTERVENÇÃO




Ao contrário do que muitos imaginam o restauro de uma edificação, não é feito de modo arbitrário, ou apenas mudando o que o arquiteto restaurador acha mais conveniente, existe para isso métodos que determinam qual a melhor forma de intervir em uma edificação antiga. O italiano Ambogio Annoni[1] classifica as seguintes técnicas de restauração:


•Método romântico: prega a reconstrução de monumentos segundo uma idealização daquilo que teriam sido;
• Método historicista: tolera as reconstruções e recuperações de ruínas, mas sem “fantasias” românticas;


• Método arqueologista: aceita somente a consolidação de ruínas, sem admitir “fantasias” ou a imitação “histórica” de partes do bem arquitetônico;


• Métodocientífico: proíbem a reconstrução de ruínas e sua utilização para outros fins, diferentes de seus objetivos originais; na reconstrução de monumentos, as partes refeitas não devem imitar o padrão original, mas sim seguir um estilo neutro.


• Não-método: considera cada caso per si, avaliando as mellhores técnicas e intervenções a serem efetivadas no monumento; não permite areconstrução de ruínas.
• Método artístico ou de reintegração artística: combina os métodos arqueologista e cientifico, com ênfase nos aspectos plásticos e estéticos, com o objetivo de integrar o meio ambiente ao monumento.


Ele classificou essas técnicas acreditando que cada obra, merece atenção especial, e dependo do seu estado de conservação e relação com o entorno, deve serrestaurada de modo diferente.
7.2 PROPOSTA DE INTERVENÇÃO




Dentre todas as edificações da cidade de Quatro Pontes, optou-se por inventariar e restaurar a casa pertencente à família Seimetz datada de 1953, não apenas por ser uma das mais antigas construções, mas também por ela ser uma parte importante em garantir viva na memória da população, a história de sua colonização.Mediante as análises feitas em relação ao processo de colonização, história da edificação e família, concluiu-se que a residência traz consigo intensas características coloniais que são mantidas até hoje.


Embora sempre bem cuidada e em constantes reformas e melhorias, hoje a residência se encontra deteriorada. O teto abaulado, furos no forro e o piso expõem as marcas do tempo....
tracking img