Trabalho em alturas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6342 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
XXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
A integração de cadeias produtivas com a abordagem da manufatura sustentável.
Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 a 16 de outubro de 2008

PERCEPÇÃO DE RISCO NO TRABALHO EM ALTURA PELOS TRABALHADORES DO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL NOS SERVIÇOS REALIZADOS SOBRE LAJES, ANDAIMES FIXOS E TELHADOS
Cristina Espínola (UTFPR) CRISTINA.ENGENHARIA@GMAIL.COMRodrigo Eduardo Catai (UTFPR) catai@utfpr.edu.br Adalberto Matoski (UTFPR) adalberto@utfpr.edu.br Arildo Dirceu (UTFPR) arildo@utfpr.edu.br

O objetivo principal desta pesquisa é reconhecer, baseando-se em entrevistas, os diferentes níveis de percepção de risco de acidentes dos trabalhadores do setor da construção civil que executam tarefas em altura, classificando-os em grupos conformecaracterísticas supostamente determinísticas, e que influenciam a maior ou menor eminência de acidente, visando uma base de dados para a formulação de estratégias que visem a redução do número de acidentes justificados por falha humana. Esta pesquisa se caracteriza como um estudo de caso e investigação de suposições, pois ao final, permite saber como os trabalhadores da cidade de Curitiba e regiãometropolitana, que trabalham em empresas de pequeno porte, percebem os possíveis perigos durante sua jornada de trabalho. A pesquisa foi separada em duas partes distintas. A primeira visa caracterizar o entrevistado, de forma a poder classificá-lo conforme idade, tempo na função, escolaridade, nível de treinamento, conhecimento e identificação de Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC), conhecimento,disponibilidade e uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), existência de acidente de trabalho anterior, sendo estas características seletivas de um grupo. A segunda visa obter respostas sobre a percepção de riscos pelo entrevistado, utilizando-se de fotografias de situações onde existe risco de acidente, baseando-se nas exigências da Norma Regulamentadora NR-18 - Condições e Meio Ambiente deTrabalho na Construção Civil, e solicitando que o trabalhador avalie o grau de risco existente conforme uma escala apresentada. Palavras-chaves: Percepção de risco; Trabalho em altura; Acidente de trabalho; Construção Civil.

XXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
A integração de cadeias produtivas com a abordagem da manufatura sustentável.
Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 a 16 deoutubro de 2008

1. Introdução Desde a criação da Norma Regulamentadora NR-18 (Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Construção Civil), os esforços na sua implantação nos canteiros de obras, seja por obrigações impostas por lei ou pela política interna das empresas, têm sido crescente. Mesmo assim, os acidentes de trabalho no setor continuam a existir e em número elevado. Segundo dados doInstituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que registra o número de acidentes oficiais, informados através de Comunicação de Acidente de Trabalho, foram registradas em 2005, 28.987 ocorrências envolvendo trabalhadores do setor da construção civil, sendo que 37,7% desses acidentes estavam relacionados com a queda em altura, conforme pesquisa realizada através de prontuários hospitalares (SILVEIRAet al., 2005). Os acidentes da área da construção civil podem estar relacionados principalmente a dois fatores: a condição insegura e o ato inseguro. O primeiro deles está atrelado aos riscos inerentes da profissão e do ambiente de trabalho. Nesse caso, cabe à empresa responsável realizar uma análise e oferecer aos operários, condições seguras de trabalho, definindo os procedimentos para aexecução das tarefas, proporcionando treinamento aos trabalhadores, equipamentos de proteção coletiva e/ou individual, entre outras providências. Já o segundo fator está ligado ao comportamento do trabalhador, que pode causar falhas operacionais e tomar posturas no ambiente de trabalho que desobedeçam as normas ou as prescrições de segurança, em decorrência da decisão livre e consciente de cada...
tracking img