Trabalho de o.s.m

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4361 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


A Administração vem sofrendo enormes transformações ao longo do tempo. Desde o seu aparecimento formal com os estudos de Taylor e Fayol, até os dias de hoje, um bom número de contribuições surgiram sempre dando ênfase a pontos específicos e relevantes.
Projetar o futuro hoje é o grande desafio do Gestor / Administrador neste novo milênio, visto que as organizações – sejampúblicas, privadas com, ou sem, fins de lucro – já não precisam mais de gerentes no sentido que foi formatado pela técnica de “managment” mas de profissionais que reúnam: conhecimento (dos sistemas negociais), capacidade de conceituação (dos processos e dos fatos) e habilidades heurísticas (que reúnam competência lógica com intuição criadora).
O administrador possui muitas funções na gestãode uma empresa, deve desempenhar com atenção e comprometimento seu papel, servindo de exemplo para funcionários e indicando os rumos que a instituição deve seguir, bem como, tomar decisões para atingir os objetivos e otimizar recursos na busca de eficiência e eficácia. Na prática, cada organização, pública ou privada, possui suas necessidades e condições, neste caso, o administrador deve seadequar à empresa e estabelecer por meio de planejamento quais as metas prioritárias relacionadas à missão e visão da organização para que sejam repassadas a equipe.














GESTOR DO FUTURO

Diante do novo cenário em que as empresas atuam, no qual a busca por maior competitividade passa pela redução de custos, pela eliminação do desperdício e pelo aumento da produtividade,cria-se um novo paradigma em relação ao gerenciamento de serviços e investisse em um novo modelo de relação. Agregar valor aos meios de produção é o principal objetivo.
A redução das estruturas internas da empresa, inicialmente marcadas pela transferência de atividade de apoio e hoje pelas atividades consideradas mais nobres ou produtivas, com foco no seu próprio negócio, propiciaram umareestruturação organizacional. As empresas começam a estruturar-se como verdadeiros núcleos de negócios das chamadas células de produção, e o fornecedor de produtos e serviços passa a ter papel fundamental nessa cadeia. De acordo com Bennis (2001, p.97) “O futuro não tem prazo na prateleira... O futuro não será o que costumava ser!”.


1. GESTÃO VS ADMINISTRAÇÃO


O uso da palavra Gestão vemse intensificando no Brasil nos últimos anos de forma conspícua. O volume de obras publicadas com esta expressão vem tomando conta das prateleiras de negócios em todas as livrarias. Os cursos de Gestão, quer sejam puramente gestão com qualquer delimitador que tragam (ambiental, da produção etc.), envolvem as faculdades de administração por todo o país.
Os dicionários da língua portuguesatrazem as duas palavras – gestão e administração – como sinônimos entre si. Mostram que suas origens vêm do latim, e mesmo possuindo estruturas diferentes, são traduzidas de forma semelhante enquanto sentindo de ação, como bem relata o Novo Dicionário Aurélio – Século XXI:


Gestão – [Do lat. Gestione.]
S.f.
1. Ato de gerir; gerência,administração.


Gestão de Negócios, Jur.
1. Administração oficiosa de negócios alheio, sem mandato ou representação legal.


Administração – [Do lat. Administratione.]
S.f.
1. Ação administrar.
2. Gestão de negócios públicos ou particulares.
3. Governo, regência.4. Conjunto de princípios, normas e funções que têm por fim ordenar a estrutura e funcionamento de uma organização (empresa, órgão público etc.).
5. Prática desses princípios, normas e funções: 2
6. Função de administrador, gestão, gerência.


A gestão pode ser definida como uma abordagem sistêmica, constituindo-se na transferência e...
tracking img