Trabalho de visita tecnica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 6 (1424 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - AGRADECIMENTOS

Primeiramente agradecemos a professora Nayale Lucinda por ter-nos acompanhado a ESF Salgado IV, e nos orientado com todas as informações necessárias.
Agradecemos também a todos os professores desta Unidade Temática: Ana Barreto, Evanísia Araújo e Mauríco Santos por nos passarem todas as informações necessárias, pois sem seus ensinamentos, seria impossível desenvolver esterelatório.














2 – INTRODUÇÃO

Este relatório retratará uma visita técnica a uma Estratégia de Saúde da Família realizada por um grupo de alunos do 1º módulo do curso de Enfermagem da Faculdade ASCES, tendo como objetivo:

- Analisar as condições socioculturais e psicofilosóficas da ESF bem como suas situações-problemas ;

- Observar o mundo do trabalho e suas acepções sobre condições de saúde e qualidade de vida. Interligando diretamente com os conteúdos estudados, que é a Saúde do Trabalhador, vista por várias óticas: sob a ótica da psicologia, Antropologia, Sociologia e Filosofia.

A Visita Técnica foi no dia 21 de março de 2013, numa quinta-feira, das 13:00 ás 16:00, na ESF SalgadoIV do bairro do Salgado, localizado na rua Antônio Faustino- 195, na cidade de Caruaru-PE. Sob a orientação da Professora/Supervisora Nayale Lucinda.
A equipe é composta por 15 pessoas, sendo: 1 médica, 1 enfermeira, 1 tec. Enfermagem, 8 ACS( agente comunitário de saúde), 1 auxiliar de serviços gerais, 1 dentista, 1 ASB( atendente de saúde bucal), 1 recepcionista e também uma vez por semana aequipe do NASF - Núcleo de Apoio á Saúde da Família, que faz parte os seguintes profissionais: Psicólogo, Fisioterapeuta, Educador Físico, Nutricionista, Fonoaudióloga.
Existem 1.500 famílias cadastradas, sendo que multiplica-se esse valor por 3.6( que é uma constante), dando um total de 5.400 pessoas cadastradas. Dos casos atendidos na ESF, 80% são Hipertensão e Diabetes, sendo um altoquantitativo.

3 - DESENVOLVIMENTO

No Brasil em 1994 foi criado o Programa de Saúde da Família como uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Fundo das Nações Unidas para a Infância - UNICEF. O PSF teve principio e propósito reorganizar a prática de atenção a saúde em novas bases, bem como, substituir o modelo tradicional que dava mais atenção a cura do que a prevenção de doenças,enfatizando também que houve alteração no modelo assistencial a saúde, centrado na doença no médico e hospital. Atualmente, o PSF é definido como Estratégia Saúde da Família (ESF), ao invés de programa, visto que o termo programa aponta para uma atividade com início, desenvolvimento e finalização.
Com a visita do nosso grupo a ESF, com o acompanhamento da Professora Nayale, tivemos umapercepção positiva dos profissionais no local de trabalho, como por exemplo, a recepcionista, a ASB (Atendente de Saúde Bucal) que se mostravam muito receptivas e dispostas a nos ajudar no que fosse preciso. Segundo ANA BOCK, Percepção Social, é uma característica que nos possibilita ter uma impressão, seja positiva ou negativa.
Em relação a influencia social que consiste na indução de umapessoa a ter determinado comportamento ( AROLDO RODRIGUES), verificou-se que uma das entrevistadas, só veio morar no Bairro do Salgado, por conta da sua família, ou seja, foi induzida a morar perto dela.
Na entrevista, quatro ACS relataram que estavam satisfeitas com o trabalho, porque conseguem sustentar suas famílias e vivem bem com o salário que ganham, realizando seus objetivos, como:comprar suas roupas, pagar seu aluguel, comprar sua alimentação. Dentro da Pirâmide de Maslow, elas já haviam exercido as necessidades fisiológicas, que AROLDO RODRIGUES, diz que, Necessidades Fisiológicas são necessidades básicas para a sobrevivência humana. A satisfação dessa necessidade acontece quando há a integração biopsicossocial do indivíduo.
Identificamos uma sobre carga de...
tracking img