Trabalho de rh

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4415 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 04

2 RELATO DOS PROBLEMAS IDENTIFICADOS NA HUGO CINI S/A 06

3 ANÁLISE CRÍTICA E SUGESTÕES DE MELHORIAS DOS PROBLEMAS IDENTIFICADOS 08

4 CONCLUSÃO 16

5 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 17INTRODUÇÃO

O trabalho a seguir relatará problemas e dificuldades de gestão encontrados na indústria de refrigerante Hugo Cini S/A. Estes problemas puderam ser observados através de pesquisas e análise de documentos da empresa e de entrevista com seus colaboradores e gestores. Por conseguinte, será exposta a análise crítica dos respectivos problemas, bem como sugestões demelhorias visando o desenvolvimento da empresa.
O empreendimento, conhecido hoje como Hugo Cini S/A Indústria de Bebidas e Conexos, começou por iniciativa de um imigrante italiano, Ezígio Cini, que veio para o Brasil com um grupo italiano anarquista, no século XIX, fixando-se no município de Palmeiras. Na colônia, Ezígio Cini casou-se Aldina Benedetti e construíram um moinho de fubá. Em1891 nasceu o primogênito do casal, Hugo Cini.
Em 1904 Ezígio associa-se a Carlos Chelli, também integrante da Colônia Cecília. Ambos dirigiram-se para São José dos Pinhais, onde se instalaram como fabricantes de bebidas. Em Palmeira, fabricavam licores, em São José dos Pinhais, formaram a fábrica de cerveja Maltinha (cerveja preta, doce e amarga).
Anos mais tarde, coma morte de Ezígio, Hugo Cini compra a parte da sociedade de Chelli, sua mãe e irmãos
e passa a assumir a indústria. Os meios de produção eram uma máquina manual movida a pedal, um tanque para a lavagem das garrafas e tonéis de carvalho para a cerveja. A matéria-prima provinha da Tchecoslováquia, indo para o moinho, e depois para a fermentação, sendo o lúpulo também estrangeiro.Concomitantemente, administrou um depósito em Curitiba á fim de ampliar o número de consumidores e melhor atendê-los. Os resultados foram tão otimistas que este depósito, logo depois foi transformado na fábrica de Curitiba com o fechamento da fábrica em São José dos Pinhais.
A instalação da empresa Hugo Cini e Cia em Curitiba foi registrada em 4 de março de 1928 e em 1945, a empresa foi transformadana razão social: Hugo Cini e Filhos Ltda., tendo a participação da esposa de Hugo Cini e de seus filhos: Carlos, Carolina, Aldina, Orlando, Espéride, Nilo e Ginete.
A produção artesanal prevalecia e utilizava-se praticamente a mão de obra familiar e as vendas eram realizadas por carroças. Como o processo para a fabricação das cervejas era muito caro, a fábrica parou de produzi-las naSegunda Guerra Mundial, voltando-se para a produção de gasosas e da, até hoje conhecida, gasosa de gengibre. Ainda na década de 40, a família Cini fabricava a famosa “colinha”, refrigerante com gosto de cola, mais puxado para o malte.
Com o crescimento constante da empresa, em 1963 foi transformada em Sociedade Anônima sob a designação de Hugo Cini S.A. – Indústria de Bebidas eConexos, já então considerada como uma das expressões da indústria de refrigerantes de Curitiba.
Em 1970, com a morte de seu pai, Orlando Cini passou a ocupar o cargo de diretor. Comprou novos maquinários, aperfeiçoou o capital humano dos seus colaboradores, desenvolveu novos sabores e categorias de produtos.
Em 1996, a sede da indústria em Curitiba, já não atendia as suasnecessidades fabris, houve então a necessidade de uma nova mudança e o local escolhido foi o município de São José dos Pinhais, onde a indústria passaria a dispor de uma área de 10.000m. Com esta estrutura maior, a indústria teve seus equipamentos distribuídos de forma mais ordenada, estrutura de armazenagem de matérias-primas e produtos acabados.
A partir do ano de 2006, com a...
tracking img