Trabalho de psicologia sobre o filme: as horas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2327 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA

CARLOS ALBERTO SILVA DOS SANTOS RA: A720HC-4

TRABALHO DE PSICOLOGIA: FILME “AS HORAS”

SÃO PAULO

2011

CARLOS ALBERTO SILVA DOS SANTOS RA: A70HC-4

TRABALHO DE PSICOLOGIA: FILME “AS HORAS”

Trabalho da disciplina de Psicologia do primeiro semestre do curso de Fisioterapia equivalente à nota do segundo bimestre apresentado à Universidade Paulista-Unip.Orientador: Prof° Dr° Marcia Melhado

SÃO PAULO

2011

SUMÁRIO

1. Introdução

2. Síntese do filme “As Horas”

3. Virginia Woolf

4. Patologias do filme “As Horas”

5. AIDS

6. Conclusão

7. Referencias Bibliográficas

1) INTRODUÇÃO

Neste trabalho será abordada uma pesquisa referente ao filme “As Horas”, com o objetivo de estabelecer conhecimentos sobre as patologiasapresentadas no filme e o que elas comprometem na vida de seus portadores. Juntamente com a síntese do filme “As Horas”.

2) SÍNTESE DO FILME

O filme “As Horas” baseia-se na obra literária de Michael Cunningham. Ambos, o filme e o livro, apresentam como personagens centrais Virginia Woolf, Laura Brown e Clarissa Vaughan. Essas três mulheres vivem, em épocas diferentes, conflitos semelhantes. As trêspersonagens têm em comum o sentimento de não pertinência ao mundo cotidiano, que lhes reserva papéis bem definidos, com sua cota de sacrifícios e alegrias. Todas denotam

algum grau de profundidade filosófica e existencial nas experiências mais comuns, tais como: tomar café, comprar flores e fazer um bolo.

O enredo apresenta-se em três diferentes momentos históricos, desenrolados de formaparalela. Inicialmente, retrata Virginia Woolf, em 1923, escrevendo seu célebre livro Mrs.Dalloway. Em Richmond, onde, junto ao marido Leonard, busca a quietude necessária ao seu conturbado estado mental, o filme revela momentos cruciais, que simbolizam sua vida social, familiar e intrapsíquica, culminando com seu suicídio em 1941.

A segunda história passa-se em 1949, num subúrbio de Los Angeles.Laura Brown, casada com um herói de guerra Dan, mãe de um menino de 5 anos Richard e grávida do segundo filho, vê-se angustiada com sua vida e pensa em cometer suicídio. A trama relata apenas um dia na vida dessa mulher, que é leitora assídua de Virginia Woolf e, no momento, está lendo seu livro Mrs.Dalloway. Essa personagem tem uma família e uma vida comum, aparentemente sem conflitos, o que podeafastar qualquer hipótese de motivo externo atual para a depressão retratada. Seu marido está comemorando aniversário, e, como esposa, embora desanimada, Laura sente-se obrigada a lhe preparar uma surpresa. O filho aflito percebe e acompanha o sofrimento da mãe. Laura é incapaz de pensar algo diferente da morte, estando isso evidenciado em seu olhar.

A terceira parte do filme restringe-se arelatar o dia em que Clarissa prepara uma festa para Richard, em função de uma premiação literária que este receberia. Eles foram amantes por um verão na juventude e cultivaram uma forte amizade até os dias atuais. Aqui, são retratados os sentimentos de Clarissa em relação a Richard, explicitados em sua visita rotineira ao amigo e durante os preparativos da festa, quando se põe a refletir sobreeles. Richard está em estado terminal de saúde e insinua a ela sua intenção de se suicidar. Em apenas um dia, várias e intensas situações são dramatizadas por estes personagens.

3) Virginia Woolf

Virginia Woolf, nasceu em Londres 25 de janei ro de 1882, faleceu em Lewes em 28 de março de 1941 foi uma escritora e editora britanica, conhecida como uma das mais proeminentes figuras do modernismo.Virginia desempenhava um papel de significância dentro da sociedade literária londrina durante o período entreguerras. Seus trabalhos mais famosos incluem os romances Mrs Dalloway (1925), Passeio ao Farol (1927) e Orlando (1928), bem como o livro-ensaio Um Quarto Só Para Si (1929), onde encontra-se a famosa citação "Uma mulher deve ter dinheiro e um quarto próprio se ela quiser escrever...
tracking img