Trabalho de microeconomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (839 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A INTERFERÊNCIA DO ESTADO NA ECONOMIA BRASILEIRA E SUAS IMPLICAÇÕES

CORRÊA, Camila
TAVARES, Camila
BIGONHA, Daniel
CLEMENTINO, Francielen
DEFILLIPO, Luana
PEREIRA, Wilhara

FaculdadeGovernador Ozanam Coelho - FAGOC

Graduação em Administração
27 de agosto de 2012


LIMA, Leonardo[1] - ORIENTADOR



O Estado intervém na economia do país para combater e prevenir crises.De um modo geral, podemos dizer que o Estado intervém na economia de forma direta, produzindo bens para a população, trazendo melhorias na educação, saúde, transporte, na infraestrutura do país.E de modo indireto, agindo como a “mão invisível”, onde o governo estimula a população, indústrias e empresas a participar mais do mercado, aplicando ou diminuindo impostos.
Mas a intervençãodo Estado traz vantagens e desvantagens para a economia. As vantagens são as regras gerais impostas pelo estado que são acordos e normas que geram equilíbrio no mercado. Por exemplo, quando o governocria uma taxa de imposto para produtos importados ele está resguardando a economia do país, para haver uma competitividade com o produto externo, impedindo a crise interna e fazendo com que o PIB dopaís cresça. Outro exemplo é a gestão das moedas internacionais, principalmente o Dólar e o Euro para haver o equilíbrio da balança comercial.
Por outro lado a intervenção do Estado na economiapode trazer consequências desastrosas para o país, por exemplo, a medida de protecionismo adotada pelo governo pode gerar atritos com a economia de outros países, fazendo com que aumente as barreiraspara a exportação nacional.
No Brasil o Estado vem intervindo na economia, mas não está surtindo efeitos por quê?
O Brasil é o país que possui as maiores taxas bancárias, desencorajandoum grande número de pessoas a financiarem imóveis, fazendo assim com que paguem aluguel, deixando então de contribuir para que a economia “gire”.
Boa parte da economia brasileira é sustentada...
tracking img