Trabalho curricular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (538 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


O Museu do Seringal Vila Paraíso fica localizado na área rural da cidade, à margem esquerda do Rio Negro, o museu retrata o modo de ser e viver do seringueiro, no início do século XX.Durante a visita serão observados o Casarão do Seringalista, a Casa do Seringueiro, o Barracão de Aviamento, além de tantos outros aspectos que remontam ao início do Século XX.
No início do séculoXX, a exploração da borracha levou grande riqueza para a região. Na condição de principal produtor da matéria-prima, O Amazonas conheceu entre 1890 e 1910 a chamada "fase áurea da borracha". Nesseperíodo, Manaus atraiu imigrantes estrangeiros e do Nordeste brasileiro e passou por mudanças significativas do ponto de vista demográfico, cultural e de infra-estrutura.

A imigração dos nordestinos paraa região norte mostra que por motivo de economia, por partes dos donos de terras e sem ter trabalhadores os coronéis buscavam os nordestinos tratando-os como escravos mentindo para que ficassemmantidos no lugar gerando produção da borracha, até a morte desses homens. Ficando explícito que o látex era o que dominava na economia, tanto no Brasil quanto no exterior, pois nessa época o estado doNorte possuía plantações de borracha.













CONCLUSÃO

Durante o período em que viveram na residência do Barão da borracha os seringueiros sofreram bastante, pois trabalhavam como escravos nãotendo direito trabalhista, morriam sem ao menos ver suas famílias, sem descanso, se alimentando precariamente.
Através dessa enorme imigração, houve envolvimento por parte dos nordestinos queacreditavam ficar ricos através das histórias que lhes fora contada, a demanda maior de imigrantes foram de fato os nordestinos, porém outro da região norte migrarão, o que de certa forma alterou e ajudou aconstruir a cultura amazonense, através da convivência de nordestinos houve a formação da culinária, a nossa linguagem, costumes, moda de vestir, danças folclóricas: o boi-bumbá, forró e até mesmo a...
tracking img