Trabalho bioq

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1086 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO DA AULA PRÁTICA I DE BIOQUÍMICA – pH E TAMPÕES

PALMAS – TO
2013

RELATÓRIO DA AULA PRÁTICA I DE BIOQUÍMICA – pH E TAMPÕES

Relatório apresentado à disciplina de Ciências Básicas da Saúde, do primeiro período do curso de medicina, como registro de aula prática realizada no dia 22 de janeiro de 2013, sob as orientações do professor Jonas Chaves Alvim.

PALMAS – TO
2013SUMÁRIO

INTRODUÇÃO................................................................................. | 4 |
MATERIAIS E MÉTODOS............................................................... | 6 |
CONCLUSÃO................................................................................... | 8 |
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS................................................. | 11 |ANEXO.............................................................................................. | 12 |

INTRODUÇÃO

O corpo humano pode ser comparado a um grande béquer no qual ocorrem inúmeras reações químicas. É um sistema altamente complexo e, sendo assim, qualquer alteração mais severa pode ter sérias consequências à saúde do organismo. Com o objetivo de manter a estabilidade e o perfeito funcionamentometabólico, os seres humanos possuem mecanismos que minimizam essas alterações. Este trabalho apresentará resultados obtidos em laboratório para demonstrar a ação de um destes mecanismos, o sistema-tampão.
A estrutura de muitas moléculas presentes no corpo humano são altamente sensíveis a variações de pH. O valor ideal do pH nos seres humanos é em torno de 7,4. A manutenção deste pH ideal ocorregraças à existência dos sistemas-tampão.
Normalmente um sistema-tampão é constituído de um ácido fraco e sua base conjugada em equilíbrio químico. Sua eficiência depende de uma faixa de pH dentro da qual as concentrações de ácido e base conjugada são suficientes para compensar adições de álcali ou de ácido. Seu funcionamento baseia-se na tendência do equilíbrio químico de repor o componente queé perdido ou de consumir o que é adicionado.
Dentro da faixa de pH onde a ação tamponante é exercida haverá um valor de pH onde metade do total inicial do ácido estão associados e a outra metade está na forma de base conjugada. É nesta situação que o sistema-tampão possui sua eficiência máxima.
Os principais tampões biológicos são o fosfato, as proteínas e o bicarbonato. O fosfato é eficaz namanutenção do pH intracelular, onde tem concentração considerável, o que aumenta seu poder tamponante. No meio extracelular seu poder de tamponamento é maior que do tampão bicarbonato, porém sua concentração é baixa para ter uma significativa importância fisiológica. A maioria das proteínas não é eficaz para o tamponamento plasmático por possuírem valores de pKa muito distantes do pH fisiológico. Jáo principal responsável pela manutenção da concentração de prótons no meio extracelular é o bicarbonato, que ocorre no organismo predominantemente sob a forma de bicarbonato de sódio.
A análise dos resultados do experimento realizado em laboratório permitirá uma melhor compreensão do funcionamento do sistema-tampão no corpo humano.

MATERIAIS E MÉTODOS

1. Reativos:

*Soluções-tampão de pH 2,4,6,8,10 e 12.
* Tampão fosfato 0,1 mol/L pH 7
* Indicador universal
* Hidróxido de sódio 0,1 mol/L
* Ácido clorídrico 0,1 mol/L

2. Técnica

* Escala padrão
Preparar uma bateria de 06 tubos de ensaios com pH diferentes. Em cada tubo adicionar 1 ml de solução tampão (pH 2 a 12). Adicionar 3 gotas de indicador universal e 9 ml de água destilada em cada tubo.* Experimento I
Preparar uma bateria de quatro tubos de ensaio:
Tubo A: 3 gotas de indicador universal + 10ml de água destilada
Tubo B: 3 gotas de indicador universal + 1ml de tampão fosfato pH 7 + 9ml de água destilada
Tubo C: 3 gotas de indicador universal + 10ml de água destilada
Tubo D: 3 gotas de indicador universal + 1ml de tampão fosfato pH 7 + 9ml de água destilada

*...
tracking img