Trabalho academico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1617 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4
2.1 Atividade predominante......................................................................................4
2.2 Atividadesecundarias ........................................................................................5
2.3 Atividade econômica que poderia ser desenvolvida em Uruguaiana.............7

3 CONCLUSÃO 8.

REFERÊNCIAS 9.


INTRODUÇÃO





Este trabalho tem como finalidade compreender a sociologia na sua realidade para podermos entender onde estamos inseridos.
Através de um levantamento histórico e social do nosso municípiopodemos de forma ampla visualizar as ações do homem em sociedade, compreender a origem da cidade os fatores que levaram o município a ter atividade econômica predominante. Esse estudo vai mostrar o surgimento de nossa cultura que através da multicultura acabamos criando a nossa identidade nossa cultura própria.
A preocupação e os conflitos antigos com as guerras e as revoluções transformaram arelação entre Brasil e argentina em uma situação amistosa e tranqüila.
O inicio da relação foram os primeiros passos para o surgimento do MERCOSUL, a interatividade de dois países que acabaram se unindo através de uma ponte internacional contribuindo significamente para o desenvolvimento social e econômico de ambos países. O surgimento do maior porto seco da America latina e sua importância nocenário nacional e internacional.






















DESENVOLVIMENTO


2.1 Atividade predominante

Conforme a pesquisa Uruguaiana festeja sua emancipação no dia vinte e nove de maio com muita alegria e orgulho pelos Uruguaianense.
Uruguaiana é considerada a única vila fundada pelos farrapos durante a revolução, essa façanha ocorreu a três anos antes da leiprovincial.
No século XlX na proximidade de Uruguaiana existiu uma localidade chamada Santana velha, onde existia a presença constante de militares e moradores que utilizavam daquele lugar para travessia de mercadorias pelo rio Uruguai que era fiscalizado por um posto fiscal. Esse vilarejo sofreu muito com as altas águas do rio Uruguai que acabou não resistindo e foi totalmente destruída.Naquela época se encontrava em plena Revolução Farroupilha. E os farrapos eram uma presença constante nessa região, tornando território estratégico, pois tinham como rota de fuga a fronteira com a Argentina e o Uruguai.
Em 1843, estrategicamente, os farrapos criaram, junto ao Capão do Tigre, uma capela curada, com o nome de Capela do Uruguai. A criação da capela já havia sidodecidida no ano anterior pela Assembléia Constituinte realizada em Alegrete pelos farrapos.
A Capela do Uruguai teve como moradores principais os próprios participante do movimento farroupilha. Com o termino da Guerra dos Farrapos - em 1845 - o governo provincial pensando na localização geográfica tratou de "refundar" Uruguaiana em 1846.
O pequeno vilarejo foi crescendo até virar cidade em1874. Um pouco antes Uruguaiana foi invadida e tomada pela as tropas Paraguaias durante a guerra do Paraguai, mais por pouco tempo. Meses depois Uruguaiana foi retomada sem luta, só que Uruguaiana sofreu muitos com os saques no comercio e residências.
Uruguaiana estaria presente em outras revoluções que movimentou o país nas primeiras décadas. Podemos citar a revolução de 1923, quandoFlores da Cunha, que então era intendente do município, saiu da cidade liderando um grupo de legalistas para combater os maragatos.
Encerrado o período de revoluções, a cidade passou a viver em função de sua pecuária e agricultura e do comércio internacional.
A cidade vivia um otimismo econômico, muitas cargas passavam pela cidade, eram de se esperar que muitas delas fossem...
tracking img