Trabahlo de enfermagem e biologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2603 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UTI coronariana
Unidade de cuidado médico intensivo especializada em doenças do coração, principalmente aquelas decorrentes de deficiência de circulação coronariana (Infarto e angina instável, por exemplo). Pode receber também pacientes após o tratamento cirúrgico/hemodinâmico da insuficiência coronariana.

Doenças coronárias

Sao decorrentes da obstrução do fluxo sanguíneo nas artérias queirrigam o coração devido ao acúmulo
progressivo de colesterol e de células carregadas de gordura.


1- O que é Uti? Qual o seu objetivo?
UTI é a Unidade de Terapia Intensiva existente nos hospitais e destinada ao acolhimento de pacientes em estado grave com chances de sobrevida, que requerem monitoramento constante (24 horas) e cuidados muito mais complexos que o de outros pacientes.
Oobjetivo básico das UTI`s é recuperar ou dar suporte às funções vitais dos pacientes enquanto eles se recuperam

2- O que estabelece a portaria 466?
Estabelece os materiais usados, na UTI deve m ser dimensionados e selecionados de acordo com o tipo de assistência prestada e de recursos disponíveis, obedecendo o mínimo que estabelece a portaria.
Estabelece ainda que na toda UTI deve ter ummedico com titulo de especialista em Medicina Intensiva, e uma equipe básica de: enfermeiro supervisor, medico diarista, medico plantonista, enfermeiro assistencial, técnico de enfermagem, fisioterapeuta, auxiliar de serviços gerais, entre outros profissionais.

3- Cite os materiais e os equipamentos mais utilizados em UTI.


Cada leito contém monitores cardíacos, cama elétrica projetada,oximetria de pulso e rede de gases. Dentre os principais equipamentos utilizados em UTI estão:

• Termômetro
• Oxímetro de pulso: Equipamento que possui sensor óptico luminoso o qual é colocado no dedo. Através da determinação da coloração sanguínea capilar, verifica a taxa de saturação do oxigênio designada Saturação de O2, ou seja, mede indiretamente a oxigenação dos tecidos de maneiracontínua.
• Eletrocardiográfico, com freqüência cardíaca e medida intermitente de pressão arterial. Situa-se na cabeceira do leito e é conectado ao paciente através de eletrodos descartáveis no tórax.
• Monitor de pressão arterial
o Não-invasivo (Esfigmomanômetro)
o Invasivo (por punção arterial em geral a radial)
• Capnógrafo
• Monitor Cardíaco - Efetua ocontrole do débito cardíaco
o Swan-Ganz
• Sonda naso-enteral: quando ocorre dificuldade da ingestão dos alimentos, é introduzida sonda maleável de baixo calibre na narina até o duodeno, porção após o estomago. Dietas especiais designadas Dietas Enterais, são mantidas em infusão contínua dando aporte necessário de calorias, proteínas e eletrólitos. As Dietas especiais dispensam asdietas convencionais, podendo o paciente utilizá-las por longo período.
• Sonda vesical - Em pacientes inconscientes ou que necessitam controle rígido da diurese (volume urinário), é necessário introduzir sonda na uretra (canal urinário) até a bexiga. A sonda é conectada em bolsa coletora que fica ao lado do leito em locais baixos.
• Máscara e cateter de oxigênio - São dispositivosutilizados para fornecer oxigênio suplementar em quadros de falta de ar. O cateter é colocado no nariz e a máscara próxima a boca com finalidade de nebulizar umidificando e ofertando O2. Em geral são dispositivos passageiros e retirados após melhora dos quadros dispnéicos (falta da ar).
• Cateter Central - O cateter é chamado de central em decorrência de estar próximo ao coração. Fino, da espessura deuma carga de caneta, é introduzido através do pescoço ou no tórax (infraclavicular – abaixo da clavícula). Permite acesso venoso rápido e eficaz. Sua permanência pode variar de semana a meses. É indolor.
• Tubo orotraqueal - Trata-se de tubo plástico, maleável, de diâmetro aproximado de 0.5 a 1.0 cm e é introduzido na traquéia sob anestesia e sedação. Permite a conexão do ventilador...
tracking img