Trab

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1163 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
NÚCLEO ACADÊMICO DE CONTAGEM
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO











PRIMEIRA LISTA DE EXERCÍCIOS























CONTAGEM
2012



1) Por volta de meados do século XVIII surgem os elementos fundamentais das definições da Economia: 1) Escassez de recursos; 2) escolha defins; e 3) ilimitação das necessidades humanas. Explique cada um desses elementos e formule uma definição de Economia que os leve em consideração.

Escassez de recursos representa produzir o máximo possível de bens e serviços com os recursos disponíveis a cada sociedade. Pode ser entendido como a limitação de recursos disponíveis para atender os desejos das pessoas como: terra, trabalho etecnologia. Se os recursos fossem ilimitados não haveria a preocupação com seus rendimentos.

Escolha de fins é entendida como a escolha entre as necessidades humanas. É a tomada de decisão sobre o que, como e para quem produzir. Por exemplo: em uma determinada situação escolher entre produzir alimentos ou produzir canhões.

Ilimitação das necessidades humanas são os desejos infinitos dos seres humanos.É a sustentação para escassez, pois suprir todos os desejos humanos é uma realidade longe de ser alcançada. Os seres humanos possuem necessidades materiais e imateriais.

2) Robert Kuttner. Co-editor de “The America Prospect”, afirma que:

“... é hora de cobrar dos economistas mais responsabilidade por suas previsões... Consideremos as previsões dos economistas do lado da oferta(suply-siders), à direita. Eles contaram uma história muito coerente: a economia estava coibida pela falta de poupança, investimentos e crescimento”. A formação insuficiente de capital, por sua vez, refletia-se em impostos exagerados... À esquerda Keynesiana tampouco se saiu muito bem. Propunham que para o restabelecimento do crescimento econômico o Estado deveria gerar déficits temporários. A esquerdatambém estava equivocada ao afirmar que o aumento da disparidade na distribuição de renda necessariamente tolheria o crescimento... A economia, como afirma Kuttner “continua sendo mais uma arte do que uma ciência. O futuro, por definição é desconhecido... qualquer um que simplesmente extrapole as tendências passadas, por mais elegante que seja a álgebra, é um tolo educado.” (Jornal Gazeta Mercantil de10/09/99)

Já Carlos Lessa afirma que:

“dêem - me uma alavancada e um ponto de apoio que eu desloco o mundo. Com a teoria econômica acontece o seguinte: dêem - me a possibilidade de manter o meu critério de partição que demonstro qualquer coisa”. Podemos afirmar que com a teoria econômica: dêem-me um número que com ele posso demonstrar qualquer coisa.

A possibilidade da economia dequantificar a realidade econômica registrou o surgimento de correntes econômicas fundamentadas no método matemático, a chamada econometria. Em que pese a relevância desta última, por que as grandes generalizações podem nos conduzir à “ sofismas da composição” ou à “ falácias econômicas”? Porque, segundo Lessa podem ser considerados como uma forma incorreta de raciocínio, bastante comum nas ciênciassociais e, especialmente de economia em particular? Dê exemplos.
















3) Analisando uma economia de mercado, observa-se que os fluxos real e monetário formam conjuntamente o fluxo circular da renda. Explique como este sistema funciona. Utilize ilustração gráfica.

[pic]


O sistema do fluxo circular da renda representado na ilustração demonstra as forças da oferta eda demanda. De um lado existem os produtores que ofertam quantidades que dependem dos preços dos bens e do custo de produção a fim de aumentar e maximizar o lucro total. De outro lado, existem consumidores/ famílias com suas rendas e hábitos determinados a fim de comprar bens e maximizarem suas satisfações que no caso acima são os alimentos, camisas e carros.








4) Dada...
tracking img