Toxoplasmose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2184 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1.INTRODUÇÃO




A toxoplasmose é zoonose cujo agente etiológico é o Toxoplasma gondii, sendo identificados em seu ciclo de vida complexo dois hospedeiros: o gato, como hospedeiro definitivo, e o homem, mamíferos e aves, como hospedeiros intermediários. O organismo Toxoplasma gondii existe em todo o mundo e infecta aproximadamente entre 1 e 8 recém-nascidos de cada 1000.Aproximadamente metade das mulheres infectadas durante a gravidez tem um filho com toxoplasmose congênita (MANUAL MERK).
A toxoplasmose adquirida durante a gestação, por constituir uma das formas de transmissão do parasita, apresenta especial relevância pelos danos causados ao desenvolvimento do feto. Em geral, o risco de adquirir toxoplasmose durante o período gestacional correlaciona-se a três fatores:a prevalência na comunidade, o número de contatos com uma fonte de infecção e o número de mulheres suscetíveis (não imunizadas por infecção prévia) na comunidade (SANTANA, 2003).
O risco de transmissão vertical (TV) está praticamente restrito as primo-infecções, sendo observado que mulheres que já apresentavam soro-positividade antes da gravidez geralmente não infectam seus fetos. Oparasita atinge o concepto por via transplacentária causando danos de diferentes graus de gravidade, dependendo da virulência da cepa do parasita, da capacidade da resposta imune da mãe e do período gestacional em que a mulher se encontra. Quando a infecção materna ocorre no primeiro trimestre da gestação, a ocorrência de TV é menor que no terceiro trimestre, contudo a gravidade da doença no neonato émaior (KASPER2002).
A toxoplasmose congênita causa convulsões, calcificações intracranianas (em 5% dos pacientes) e coriorretinite (em 80% dos infectados). Em geral esse processo infeccioso deixa uma cicatriz na área macular, que compromete muito a visão central, de forma permanente (LOPES, 2006).
O Ministério da Saúde preconiza que o tratamento seja feito através da administração deespiramicina, alternada ou não com sulfadiazina, pirimetamina e ácido folínico, dependendo do período gestacional e infecção fetal (BRASIL, 2001).




2.TRANSMISSÃO




São três as formas infectantes do parasita:
1)Taquizoítos: é a forma invasiva encontrada nas infecções agudas de proliferação rápida;
2) Bradizoítos: são encontrados no solo e fezes dos felinos estãopresentes nas infecções congênitas e crônicas afetam os músculos e o tecido nervoso;
3) Oocistos: são resultantes do ciclo sexuado do parasita e neles contém os bradizoítos encontrados nos tecidos;
De acordo com Kawazoe (1995) e Kean et. al (1969) diversas são as formas de transmissão de toxoplasmose, em gestantes de modo geral pode – se destacar as seguintes vias de infecção:
oIngestão de oocistos presentes nas fezes de gatos, que contaminam verduras, legumes, jardins, caixas de areia, latas de lixo, mecanicamente através de moscas, baratas;
o Através da ingestão de cistos em carnes cruas ou mal cozidas, principalmente carnes de carneiros e suínos;
o Congênita ou transplacentária só ocorre quando a mãe adquire a infecção durante a gravidez, desta forma transmitindopara o feto através da placenta. Os fetos podem adquirir durante a gravidez de gestantes da fase aguda ou reagudização, já as gestantes com sorologia positiva antes da gravidez têm menos chances de infectar o feto, pois já tem imunidade contra esse parasita.
Conforme os itens citados acima, os dois primeiros referem-se à forma de transmissão para a mulher e/ou gestante, e por fim o item restanterefere-se à via de transmissão para o feto, caracterizando a transmissão congênita.
[pic]
3.SINTOMAS E DIAGNÓSTICO




Em regra, as mulheres grávidas e os recém-nascidos que estão infectados por toxoplasmose não apresentam sintomas. No entanto, o feto pode crescer no útero de forma muito lenta e nascer prematuramente. O bebê pode ter a cabeça pequena, icterícia, o fígado e o baço...
tracking img