Toxicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3451 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
FACULDADE DE FARMÁCIA
CURSO DE NUTRIÇÃO











MIGRANTES EM EMBALAGENS
DE ALIMENTOS







Alunas:
Érika M. Gandra











BELO HORIZONTE
OUTUBRO - 2010
INTRODUÇÃO

Um dos alvos mais importantes da indústria moderna de alimentos é satisfazer as demandas do consumidor pela oferta de produtosdiversificados e de alta qualidade. Este alvo seria inatingível sem o uso de embalagens, tanto que a indústria de alimentos é a sua maior usuária final, contando com 35% da indústria global de embalagem, proporcionando ao mercado consumidor alimentos seguros, de alta funcionalidade e praticidade (Freire et al, 2008).
Dentre os vários aspectos que demonstram a importância da embalagem,destaca-se a crescente internacionalização e globalização dos negócios que têm impulsionado muitas empresas a reconsiderar os fatores que contribuem para alcançar maior vantagem competitiva. Uma embalagem inovadora pode mudar a percepção e criar uma nova posição de marketing. Desta forma, verifica-se que a embalagem constitui-se de um negócio atrativo ao mundo industrializado e vem se tornando maisparticipativa em vários âmbitos, incluindo aqueles relacionados à logística. Este potencial de crescimento deve-se também a outros fatores, tais como os novos estilos de vida e de residências e consumidores ávidos por conveniência (Freire et al, 2008).
Com relação a seus aspectos técnicos, a embalagem deve conter, preservar e proteger o produto, além de comunicar-se com o consumidorproporcionando detalhes sobre o conteúdo, tais como preço, capacidade, ingredientes, valor nutricional, instruções de uso e data de validade (Freire et al, 2008).

EMBALAGENS

As quatro funções principais que a embalagem deve satisfazer são a proteção, a conservação, a informação e a função associada ao serviço ou à conveniência na utilização.
• Proteção: a embalagem é antes de mais umrecipiente que contém o produto e que deve permitir o seu transporte, distribuição e manuseamento, protegendo-o contra choques, vibrações e compressões que ocorrem em todo o circuito.
O sistema de embalagem deve também proteger o produto contra adulteração ou perda de integridade, quer sejam acidentais quer sejam provocadas, através de sistemas de evidência de abertura, como bandas, selos, tampascom anel de ruptura, tampos com botão indicador de vácuo, etc.
• Conservação: a embalagem deve manter a qualidade e a segurança dos produtos, prolongando a sua vida-útil e minimizando as perdas de produto por deterioração. Para isso, a embalagem deve controlar fatores como a umidade, o oxigênio, a luz e ser uma barreira aos microorganismos presentes na atmosfera envolvente e impedir o seudesenvolvimento no produto.
A embalagem deve também sem constituída por materiais e substâncias que não migrem para o produto, em quantidades que possam por em risco a segurança dos consumidores ou alterar as características organolépticas do produto.
A embalagem faz muitas vezes parte integrante do processo de preparação e conservação do alimento. Ela é concebida e adaptada a uma certatecnologia (função tecnológica e industrial) para a qual é completamente indispensável, desempenhando assim um papel ativo, como no processamento térmico, no acondicionamento asséptico e na atmosfera modificada:
Processamento Térmico: as embalagens devem ser perfeitamente herméticas, resistir a temperatura do processo e permitir as variações de volume do produto durante o processo, semperigo de deformação permanente e sem comprometer a recontaminação pós-processo.
Acondicionamento asséptico: o produto é esterilizado separadamente e introduzido assepticamente numa embalagem também estéril. A embalagem deve ser adequada ao processo de esterilização e permitir o enchimento do produto processado e o fecho em condições perfeitamente assépticas, mantendo a integridade e...
tracking img